A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

25/09/2015 10:09

3ª morte em 12h: homem esfaqueado morre no corredor da antiga rodoviária

Luana Rodrigues e Paula Maciulevicius
Perícia e a Polícia Civil estão no local para investigar as circunstâncias do crime. (Foto: Pedro Peralta) Perícia e a Polícia Civil estão no local para investigar as circunstâncias do crime. (Foto: Pedro Peralta)

Um homem, ainda não identificado, foi esfaqueado por volta das 8h30 da manhã desta sexta-feira(25), no cruzamento das ruas Vasconcelos Fernandes com a Barão do Rio Branco, perto da antiga rodoviária, no Centro de Campo Grande. O homem ainda conseguiu correr e pedir ajuda, mas acabou morrendo no corredor do antigo terminal, antes do socorro chegar. Um suspeito de ser o autor do assassinato, identificado apenas como Douglas de 30 anos, foi preso pela Guarda Municipal, próximo ao local. Ele estava com uma faca de aproximadamente 30 centímetros toda ensanguentada.

De acordo com a administradora da antiga rodoviária Rosane Neli, 47 anos, a briga começou do lado de fora, quando a vítima correu para dentro do prédio para pedir socorro. Ele caiu no corredor e em seguida morreu. "Provavelmente é briga por conta de droga, precisamos urgente de um projeto do Pode Público pra resolver esses problemas que temos aqui no entorno", considera.

O gerente de segurança de uma agência dos Correios, Marcio Nei, disse que a falta de segurança no entorno do antigo terminal rodoviário é recorrente. "É questão de se revitalizar e ocupar o prédio adequadamente, pois é preciso trazer segurança para a região", diz.

A perícia e a Polícia Civil estão no local para investigar as circunstâncias do crime, por isso o corredor está isolado. O autor foi encaminhado para a Depac(Delegacia de Pronto atendimento Comunitário) do Centro, onde a polícia irá confirmar sua identificação para autuá-lo devidamente pelo homicídio.

Violência - Esta é a terceira morte em menos de 12h na Capital. Por volta das 23h de ontem (24), a dona de casa Izabel de Oliveira Almeida, 40 anos, foi morta com pelo menos três tiros no abdômen, na Rua Lerverno de Queiroz, no Jardim Sayonara, em Campo Grande. O principal suspeito de ter cometido o crime é o marido dela, que ainda não teve o nome divulgado.

Na madrugada de hoje(25), Moisés Joaquim da Silva, 46 anos, foi encontrado ferido e perdendo muito sangue na Rua Raquel de Queiroz, no Jardim Aero Rancho, em Campo Grande. Ele gritava por socorro, e uma testemunha que passava pelo local acionou o SAMU(Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que resgatou o homem ainda com vida, mas ele acabou morrendo no hospital.



PARABENS A GUARNIÇÃO DA GUARDA MUNICIPAL, BASE DO CENTRO QUE PRONTAMENTE EFETUOU A PRISÃO DESSE DELINQUENTE, ESTÃO TODOS DE PARABENS.
 
GCM em 25/09/2015 11:43:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions