A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Maio de 2017

18/03/2013 12:30

A 2 dias da nova estação, Outono bate à porta com temperatura baixa

Paula Maciulevicius
Da altura da avenida Afonso Pena, o que dá apra ver é o céu nublado anunciando chuva para o dia todo eo frescor que a temperatura fica na chegada do Outono. (Foto: Helton Verão)Da altura da avenida Afonso Pena, o que dá apra ver é o céu nublado anunciando chuva para o dia todo eo frescor que a temperatura fica na chegada do Outono. (Foto: Helton Verão)

Faltando dois dias para a chegada do Outono, quem saiu de casa hoje ou abriu a janela logo cedo, se deparou com a nova estação batendo à porta. Garoa fina, céu nublado e temperatura amena, ainda sem ser considerada de tudo baixa. Os 22ºC, que os termômetros marcavam no início do dia, continuam em Campo Grande.

Resultado da chuva de ontem que fez com que os termômetros caíssem quatro graus, entre a máxima e a mínima registrada pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a Capital ficou na casa dos 21ºC desde domingo e hoje pela manhã ainda pegou gente de surpresa. Mas poucos. Porque a maioria já se prepara para a chegada do Outono.

A diarista Elza Flausino Peixoto, 53 anos, saiu de casa às 6h da manhã e estava com os braços cruzados, na tentativa de se proteger do frio. Coisa que as mangas curtas e a falta de casaco não podiam fazer.

“Quando eu saí de casa estava meio turvo o tempo, mas parecia que não ia ficar asssim”, dizia apressada.

“Dá mais disposição para fazer as coisas, o calor é que dá preguiça”, diz a vendedora Irlane. (Foto: Marcos Ermínio)“Dá mais disposição para fazer as coisas, o calor é que dá preguiça”, diz a vendedora Irlane. (Foto: Marcos Ermínio)

De casaco fino e guarda-chuva nas mãos, a vendedora Irlane Bezerra Nunes, 58 anos, estava preparada para o tempo que viesse. Fosse chuva grossa ou vento forte. “Está mais ou menos fresquinho. É mais agradável agora não é?” questionou à reportagem.

Mesmo com o céu irradiando preguiça, ela diz que prefere pela saúde o tempo assim ao calor de mais de 30ºC da semana passada. “Dá mais disposição para fazer as coisas, o calor é que dá preguiça. O tempinho assim é bom também para um bolinho, um chazinho e para a saúde”, completou.

Gestante prestes à dar a luz, Paula Garcia, 29 anos, nem se quer dormiu. A ansiedade em ganhar a menina Manoela fez com que ela acompanhasse toda a mudança no tempo. O resultado foram roupinhas de frio acrescidas à mala e a mãe de manga longa.

“Pode ter sido a chuva de ontem, mas a estação também está para mudar não é? Mas eu sempre tenho alguma coisa comigo, guarda-chuva por exemplo, porque nestes últimos dias, se não é sol, é o tempo que vira”, relatou.

Casaco e guarda-chuva viram itens indispensáveis na hora de sair de casa. (Foto: Marcos Ermínio)Casaco e guarda-chuva viram itens indispensáveis na hora de sair de casa. (Foto: Marcos Ermínio)

A estação das folhas no chão começa às 8h02 do dia 20 de março de 2013. O Outono é a transição entre o verão e Inverno e consegue juntar num período só, as características das duas, ou seja, tem mudanças rápidas nas condições de tempo.

Nos primeiros dias, ainda se tem a impressão de estar no Verão, depois se dá início aos dias secos, com pouca chuva e amplitudes térmicas elevadas. Já para maio, logo às vésperas do Inverno, manhãs, tardes e noites vão ficar mais com cara de frio mesmo, quando as temperaturas em Mato Grosso do Sul seguem mais amenas devido à entrada de massas de ar frio.

Para Campo Grande, ocorrem mudanças rápidas de tempo, frequência de nevoeiros e possíveis geadas em vales das regiões do Centro-Sul do MS. As temperaturas têm grande amplitude com calor durante o dia e noites mais frias, é aquele período em que se sai de casaco logo cedo e no meio da manhã tudo está à mão. O efeito 'cebola' de ir tirando camadas de roupas até que a noite tudo começa de novo.

Entre os valores históricos das chuvas, março fecha, segundo o prognóstico, com 145,4 mm. Os meses seguintes, de abril e maio, são 101,2 mm e 111,4 mm respectivamente. Entre as temperaturas mínimas, de março a abril os termômetros em Campo Grande podem chegar a marcar até 18,3ºC, ainda conforme prognóstico. Já em maio, a temperatura baixa ainda mais e chega aos 16ºC.

Em relação às temperaturas máximas, os valores históricos são registrados ainda em março, nos primeiros dias, onde os termômetros podem chegar aos 30,2ºC.

 




O tempo assim é tão bom,tomara que continue assim !
 
Felipe Benites em 18/03/2013 18:54:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions