ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  24    CAMPO GRANDE 27º

Capital

À espera do IPTU, Marquinhos prevê pagamento de servidores até dia 12

Bernal só deixou R$ 41 milhões ‘livres’ em caixa e folha dos servidores custa R$ 66 milhões, diz prefeito

Por Anahi Zurutuza e Alberto Dias | 03/01/2017 15:40
Marquinhos Trad durante coletiva de imprensa (Foto: Alberto Dias)
Marquinhos Trad durante coletiva de imprensa (Foto: Alberto Dias)

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), diz que espera receber recursos do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) para pagar os 22 mil servidores municipais, porque o dinheiro deixado por Alcides Bernal (PP) não é suficiente. Segundo o chefe do Executivo municipal, faltam R$ 29 milhões e a previsão é que até dia 12, os funcionários públicos tenham os salários depositados na conta.

Em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira (3), Marquinhos explicou que nas contas da prefeitura foram deixados R$ 41.343.362,00 em recursos que podem ser usados para quitar a folha de pagamento. Mas, deste total, R$ 4 milhões serão empenhados no 13º dos 6 mil servidores da saúde, que até hoje não haviam recebido.

Os R$ 37 milhões restantes não são suficientes para pagar os salários até sexta-feira, o 5º dia útil, uma vez que a folha de pagamento custa à prefeitura R$ 66.418.507,58 – R$ 111.064.844,00 se forem considerados os encargos.

“O ex-prefeito não mentiu quando disse que deixou R$ 252 milhões em caixa, mas se esqueceu de explicar o quanto fica disponível para pagamento de funcionário. A maior parte está comprometida”, afirmou o prefeito.

Marquinhos disse que como está contando com o que vai arrecadar com o IPTU precisa esperar até o dia 10, dia do vencimento da primeira ou da parcela única do imposto. “A gente até pede a ajudar da população, para que não deixem de pagar seu IPTU no dia 10”.

O chefe do Executivo municipal destacou ainda que não há tempo hábil para buscar recursos em outras fontes.

O processamento da folha deve levar ao menos um dia e por isso, o pagamento deve cair na conta dos servidores no dia 12.

Restante do 13º - A prefeitura deve R$ 19.860.000,00 de 13º aos funcionários municipais e também conta com o dinheiro do IPTU para quitar o débito, mas Marquinhos não deu data para fazer os depósitos restantes.

A expectativa, segundo o secretário municipal de Planejamento, Finanças e Controle, Pedrossian Neto, é que a prefeitura arrecade R$ 150 milhões com o imposto.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário