A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

13/01/2014 12:18

A gente vivia uma vida de horror, diz mãe de homem que matou ex a pedradas

Viviane Oliveira e Graziela Rezende
Anderson foi detido pela PM e encaminhado para prestar depoimento na delegacia. (Foto: Marcos Ermínio) Anderson foi detido pela PM e encaminhado para prestar depoimento na delegacia. (Foto: Marcos Ermínio)

“A gente vivia uma vida de horror”. O desabafo é da mãe de Anderson César Firmino, 24 anos, acusado de matar a ex-mulher, Laida Andréia Samulha Romualdo, 35 anos, a pedradas. A serviços gerais de 41 anos, que pediu para não ser identificada, disse que por causa do relacionamento conturbado dos dois, a vida da família se transformou em um "inferno".

A mulher conta que desde o inicio do relacionamento o casal brigava demais e o motivo das discussões eram sempre por conta de ciúmes. “Os dois bebiam muito, mesmo separados eles viviam em pé de guerra. Para acabar de completar quando Anderson bebia e usava droga ia para casa dela atormentá-la”, diz.

Segundo a ex-sogra, Laida tinha quatro filhos, dois deles, um de 5 e de 3 anos, são de Anderson. “Mesmo assim eu cuidava de todas as crianças e sempre tentei ajudá-la, mas ela brigava com o meu filho e ficava doida”, conta.

A mulher diz ainda que, por várias vezes Laida passou trotes para ela, durante a madrugada, dizendo que Anderson tinha morrido e a Polícia encontrado o corpo dele. “Meu filho chegou a ser espancado na rua, porque ela inventou que havia sido estuprada por ele”, lamenta a mãe.

De acordo com a delegada da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), Rosely Molina, a vítima foi atingida por duas pedras, uma no braço e no abdômen. “As pedras não eram grandes, mas a pedrada que atingiu o abdômen dela causou uma infecção generalizada, segundo relatou o médico legista”.

Anderson foi detido hoje e encaminhado para a delegacia, onde vai prestar depoimento sobre o caso. 

O caso - Laida morreu por volta das 19h15 de sexta-feira (9), na Santa Casa, em Campo Grande. Ela foi ferida a pedradas no dia 31 de dezembro pelo ex-marido, Anderson.



Que Deus conforte as duas famílias,as duas mães,e que Deus conforte o coração dessas crianças...
 
Letícia Suellem em 13/01/2014 16:34:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions