ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  28    CAMPO GRANDE 25º

Capital

"A troco de nada", diz cunhado de homem assassinado com facada

Autor do crime foi preso uma hora depois de ter dado facada em José Augusto Marques da Cruz, de 44 anos

Por Marcos Rivany | 14/01/2021 19:24
Homem foi morto com facada no ombro e caiu próximo a portão. (Foto: Marcos Rivany)
Homem foi morto com facada no ombro e caiu próximo a portão. (Foto: Marcos Rivany)

“Matar alguém a troco de nada, por mulher”, essa foi a frase dita pelo cunhado indignado de José Augusto Marques da Cruz, de 44 anos, morto na tarde desta quinta-feira (14), em uma casa do bairro Paulo Coelho Machado. O cunhado que preferiu não se identificar, acompanhava a irmã da vítima à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) Cepol, onde o caso foi registrado.

Segundo o parente, a família não sabia da ida de José até a casa da ex-mulher, local onde ele foi morto. A vítima morava com a irmã, que foi à delegacia, em uma casa do Bairro Tiradentes. “Ninguém sabia que ele iria até a casa da mulher. Ele já estava separado dela há alguns meses”, declarou o cunhado.

Movimentação - Ainda na delegacia, quem também compareceu foi o advogado do autor do crime, Clayton Marques da Silva, de 27 anos. O suspeito foi preso uma hora após o crime em uma casa na rua atrás do local do crime, no mesmo bairro. Segundo policiais do GOI (Grupo de Operações e Investigações), o homem confessou o crime e na casa dele ainda foi encontrada a faca usada para matar José Augusto.

Delegacia onde caso foi registro e família foi chamada. (Foto: Marcos Rivany)
Delegacia onde caso foi registro e família foi chamada. (Foto: Marcos Rivany)

Facada - Crime ocorreu por volta das 14h da tarde desta quinta-feira. José Augusto foi morto com uma facada entre a clavícula e o ombro esquerdo, desferida por Clayton durante uma discussão. Conforme as informações preliminares do delegado que esteve no local, Fabrício Dias, o autor tentou intervir na briga entre José Augusto e Marins Lemes dos Santos, ex-esposa da vítima, e durante a discussão deu a facada.

Na versão informada pelos policiais do GOI, o autor disse que a discussão teria começado após a vítima dizer que o autor e a ex-esposa teriam uma relação e foi aí que José foi esfaqueado.

Clayton foi preso cerca de uma hora após ter cometido o crime, na casa dele, no mesmo bairro. Marins também foi levada à delegacia para prestar esclarecimentos. Ela é dona da casa onde José foi assassinado.

Nas imagens que o Campo Grande News teve acesso, mas que não foram disponibilizadas para divulgação, a vítima aparece visivelmente nervosa, chutando o portão da casa. Desde a hora que ele chega na residência, até o momento da facada, foram pouco mais de dez minutos.

O vídeo da câmera de segurança indica ainda que havia pelo menos 4 pessoas no local do crime, incluindo a mulher dona da casa.

Veja o momento que o suspeito é colocado em viatura da Polícia Civil:


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário