A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

29/01/2016 12:06

Academias ao ar livre podem ser adotadas pela iniciativa privada na Capital

Antonio Marques
A partir de agora a iniciativa privada vai poder adotar academias ao livre na Capital, como já acontece com praças, canteiros e lixeiras públicas (Foto: Arquivo)A partir de agora a iniciativa privada vai poder adotar academias ao livre na Capital, como já acontece com praças, canteiros e lixeiras públicas (Foto: Arquivo)

Depois das praças públicas, canteiros centrais e lixeiras, a iniciativa privada agora vai poder adotar academias ao ar livre, localizadas nos espaços públicos da Capital. A lei que autoriza a adoção foi sancionada hoje, 29, pelo prefeito Alcides Bernal (PP).

De acordo com a nova lei, empresas privadas, sindicatos patronais, associações comerciais e grandes marcas ou até entidades que possuam dotação orçamentária para investir em mídia social podem adotar academias ao ar livre.

Conforme a legislação, os adotantes vão ter direito de exclusividade no fornecimento dos equipamentos; terá obrigação de conceder a manutenção ou garantia estendida dos equipamentos adquiridos pela empresa que adotar. O período de adoção pode variar de, no mínimo, 12 meses e, no máximo, 36 meses.

Ainda, segundo a lei sancionada, o adotante terá exclusividade na mídia positiva gerada pela iniciativa na área de acessibilidade. Atualmente, a cidade conta com mais de 70 equipamentos instalados, alguns em parques e praças.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions