A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

24/06/2018 10:40

Acelerador linear do Hospital do Câncer será entregue dia 4 de julho

Além do Hospital do Câncer, o Hospital Regional também receberá o equipamento oncológico com assinatura de ordem de serviço também dia 4

Izabela Sanchez e Mirian Machado
Equipamento deve começar a funcionar no final de julho (Arquivo/Campo Grande News)Equipamento deve começar a funcionar no final de julho (Arquivo/Campo Grande News)

O acelerador linear, equipamento de radioterapia, tão esperado por pacientes doo Hospital do Câncer de Campo Grande, será entregue no dia 4 de julho. O tratamento de oncologia com o uso do equipamento deve começar no final de julho, segundo o secretário estadual de saúde, Carlos Alberto Coimbra. O acelerador tem um custo de R$ 5 milhões

O equipamento tem como função emitir a radiação utilizada em diversos tratamentos contra o câncer, deveria ser inaugurado em abril, mas segundo o secretário, falta de recursos humanos para a instalação provocaram a demora. “A finalização da obra do banker dentro do hospital foi concluída, mas toda a instalação desse equipamento precisa vir uma empresa do fabricante. Essa empresa eles têm 3 equipes no mundo inteiro”, explicou.

“Então a equipe que a gente conseguiu trazer pra cá, o hospital que trouxe pra cá, foi uma equipe da Austrália. Então em razão dessa escassez de material humano pra instalação desses equipamentos, que a gente conseguiu agora terminar”, complementou.

Além do Hospital do Câncer, no dia 4 de julho a secretaria assina uma ordem de serviço para instalar o mesmo equipamento no Hospital Regional. Conforme explicou Coimbra, o aparelho amplia para 3 o número de turnos de tratamento, e contempla, dessa forma, mais pacientes.

O secretário também declarou que espera que a fila, que hoje é de 140 pessoas, acabe daqui a seis ou oito meses. No último ano o serviço foi transferido para clínica particular durante obras de instalação.

“Então esse equipamento novo, que é um equipamento que tem peças de reposição vai poder fazer terceiro turno e dobrar, praticamente, o atendimento. Então terão atendimentos na parte da manhã, tarde e noite e a gente pretende dobrar os atendimentos feitos pelo hospital”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions