A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

09/11/2015 09:34

Acusado de engravidar adolescente é afastado e deixa de atuar como padre

Filipe Prado

Jocerlei Tavares, 41 anos, acusado de engravidar adolescente 16 anos, perdeu os direitos canônicos e não pode mais ser tratado como padre. O ex-pároco foi embora de Campo Grande para Santa Maria (RS), cidade onde é natural.

Conforme a assessoria de imprensa da Arquidiocese da Capital, Jocerlei foi encaminhado para a Congregação Nossa Senhora Conquistadora dos Padres e Irmãos Palotinos, onde passará pelos tramites referentes ao seu afastamento da função, o que pode durar até seis meses.

O filho da adolescente e do ex-padre nasceu no mês passado e teve o nome escolhido em comum acordo entre os dois. Jocerlei não irá se casar com a adolescente, conforme a assessoria, porém dará toda a assistência financeira á criança.

Por enquanto a Paróquia Santa Rita de Cássia, no Bairro Universitário, não possui vigário, mas até janeiro um novo nome deve ser escolhido por uma comissão de padres. Religiosos de outras paróquias estão se revezando para ministrar os cultos na igreja, enquanto o novo vigário não é escolhido.

O Deops (Delegacia de Ordem Política e Social) mantêm a investigação referente ao fato do casal freqüuentado motéis e os estabelecimentos não pedido documentação da adolescente.

A Depca (Delegacia de Proteção à Criança e o Adolescente) arquivou o inquérito que investiga a gravidez da adolescente. Ela assegurou que o relacionamento foi consentido pelos dois.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions