A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

03/11/2015 20:33

Polícia arquiva inquérito que investiga padre por suposto estupro de adolescente

Flávio Paes
Padre, segundo a polícia, está dando assistência a adolescente e até ajudar a escolher o nome do  filho (Foto:Arquivo)Padre, segundo a polícia, está dando assistência a adolescente e até ajudar a escolher o nome do filho (Foto:Arquivo)

A Delegacia de Proteção à Criança e o Adolescente (DPCA) vai arquivar o inquérito que investiga o padre Jocerlei Tavares, 41 anos, acusado pela família de ter estuprado uma adolescente de 16 anos, que engravidou do religioso e há 10 dias o filho, um menino, cujo nome foi escolhido em comum acordo entre ele e a mãe. Deve ser mantido só que no âmbito da Delegacia de Ordem Política e Social (DEOPS), o procedimento referente ao fato do casal freqüentado motéis e os estabelecimentos não pedido documentação da adolescente.

 Nos depoimentos que prestou à Polícia, a jovem inocentou o sacerdote (a quem conheceu como pároco da Paróquia Santa Rita de Cássia) e ela era uma das coroinhas. A jovem garantiu que nunca foi forçada a manter relacionamento íntimo com o religioso.

Durante as investigações, não se confirmou a denúncia (apresentada pela mãe da jovem) de que o padre enviava para o celular dela vídeos e fotos pornográficos. “"Todo o conteúdo do aparelho celular foi recuperado e nada foi encontrado, além de uma foto do padre e duas da adolescente. Não existia nenhuma foto ou vídeo de cunho pornográfico, como foi informado pela mãe da menina", revela a delegada-adjunta da DPCA,Daniela Kades, responsável pelo caso.

Em favor do padre, além do depoimento da jovem garantindo que em nenhum momento sofreu qualquer tipo de coação para se envolver intimamente com ele, pesa o fato de dado toda assistência a adolescente durante a gravidez. Ele fez um depósito de R$ 4 mil para ajudar na despesa com o parto,se comprometendo a pagar uma pensão.

O sacerdote foi ordenado padre em dezembro de 2004, se tornando pároco em 2010. Ele permaneceu na função até 2013, quando foi substituído pelo padre Sérgio Coldebella, se tornando vigário da paróquia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions