A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

01/11/2017 09:00

Acusado de estuprar filhas e sobrinha é preso em flagrante no Aero Rancho

O homem foi preso na noite de ontem (31) após ser flagrado violentado a sobrinha no Jardim Carioca. O suspeito ainda tentou fugir para a casa do cunhado, mas foi detido no Aero Rancho

Viviane Oliveira
Homem foi preso em flagrante por estupro de vulnerável e levado à Casa da Mulher Brasileira (Foto: arquivo / Alcides Neto)Homem foi preso em flagrante por estupro de vulnerável e levado à Casa da Mulher Brasileira (Foto: arquivo / Alcides Neto)

Homem de 49 anos foi preso na noite de ontem (31), no Bairro Aero Rancho, região sul de Campo Grande, suspeito de estuprar as filhas e a sobrinha de 12 anos. O autor foi denunciado por uma das filhas de 19 anos que o flagrou abusando da prima, em uma casa no Jardim Carioca.

A filha que acionou a Polícia Militar acabou confessando que também foi violentada pelo pai dos 6 aos 13 anos. Ela relatou que nunca tinha contado nada a ninguém por medo, pois o suspeito a ameaçava.

Conforme boletim de ocorrência, a jovem relatou que ontem à noite foi até a cozinha e encontrou o seu pai passando a mão nas partes intimas da prima dela. Imediatamente, a filha contou o caso para a mãe da menina, que acionou a Polícia Militar.

Enquanto a mulher fazia a ligação para 190, o autor aproveitou e fugiu para a casa de um cunhado na Rua Bueno, no Bairro Aero Rancho, mas na sequência acabou preso e foi levado para a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher). No entanto, o caso deve ficar a cargo da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente).

Abusos - A filha contou à Polícia Militar que durante sete anos foi estuprada pelo pai. Por medo, ela nunca denunciou o criminoso, que sempre a ameaçava dizendo que antes de ir preso mataria toda a sua família.

A vítima relembra que a família morava em Bataguassu e os estupros ficaram mais frequentes quando a mãe dela veio passear em Campo Grande e a deixou sozinha com o pai. O fato também foi relatado pela outra filha do autor de 13 anos, que também era violentada. Durante a ocorrência, testemunha afirmou que o homem obrigava as crianças a ver filmes pornográficos.

Questionada sobre a situação, a mãe das jovens disse nunca percebeu nada porque trabalha de terça a sexta-feira e que o pai era muito carinhoso com elas.

Matéria editada às 12h para correção de informação 



Por favor, não se refiram a esse canalha como PAI. Eu sou pai e fico envergonhado e enojado de saber que um canalha como esse é tratado como pai. Sei que não pode, mas adoraria ver a seguinte manchete "Monstro abusador de crianças morre com VÁRIOS tiros em confronto com a PM"
 
Alex André de Souza em 01/11/2017 11:36:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions