ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Acusado de estuprar quatro filhas há três anos, pai é ouvido e liberado

Graziela Rezende | 06/12/2013 09:27

A Polícia Civil investiga, há três dias, estupros cometidos por um homem contra as três filhas, no Portal Caiobá, em Campo Grande. As adolescentes possuem idade entre 11 e 17 anos, sendo que as meninas decidiram denunciar o fato, após perceberem que o pai já estaria aliciando a mais nova, a 4ª vítima.

Segundo a delegada Regina Márcia Rodrigues, responsável pelas investigações, elas já prestaram depoimento e confirmaram os abusos. Ao Conselho Tutelar, uma delas comentou que o fato ocorria há três anos. “As meninas já tinham comentado com a mãe, mas ela disse que jamais acreditou”, afirma a delegada.

Assim que o fato chegou ao conhecimento da Depca (Delegacia Especializada de Proteção a Criança e o Adolescente), o pai foi chamado para prestar depoimento. “Como não se tratava de uma situação de flagrante, já que a ocorrência foi registrada 48 horas antes, o suspeito foi ouvido e liberado”, diz a delegada.

Com a versão dele, a de testemunhas e os laudos periciais, a Polícia irá analisar a possibilidade de decretar a prisão preventiva do suspeito. O homem de 37 anos nega o crime, embora a mais velha confirma ter sido violentado dos 13 aos 16 anos, bem como a de 13 e 15 anos. Todas permanecem em um abrigo da Capital.

Outro caso – No dia 3 de dezembro, o Campo Grande News denunciou outro caso semelhante, em Sidrolândia, a 71 quilômetros da Capital. São meninas de 12, 14 e 16 anos, que garantem ter sido abusadas pelo padrasto há nove anos, conforme a conselheira tutelar Aide Barbosa.

Elas, juntamente com a mãe, uma auxiliar de limpeza de 50 anos, também foram levadas para uma casa abrigo da cidade, onde recebem apoio psicológico desde segunda-feira (2).

Nos siga no Google Notícias