A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

30/06/2015 09:44

Acusado de matar cuidador de idosos irá responder por homicídio simples

Luana Rodrigues
No dia da morte, Gabriel chegou a confessar o crime, mas depois negou a autoria (Foto: Marcos Ermínio)No dia da morte, Gabriel chegou a confessar o crime, mas depois negou a autoria (Foto: Marcos Ermínio)

O juiz Aluizio Pereira Dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, aceitou a denúncia do MP/MS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) contra Gabriel Gonçalves Barros de Araújo, 20 anos, que foi preso em flagrante por ser o possível o autor da morte do cuidador de idosos Roberto Carlos Duarte Estigarribia, 49 anos, ferido com dois golpes de faca no pescoço antes de morrer carbonizado. O crime ocorreu no dia 4 deste mês, na Rua Brigadeiro Tobias, na Vila Taquarussu, em Campo Grande.

De acordo com a denúncia, aceita no dia 26, Gabriel vai responder por homicídio simples. Roberto foi encontrado morto com duas perfurações no pescoço e carbonizado da cintura para baixo. Dois adolescentes, 15 e 16 anos, suspeitos de dar cobertura para Gabriel foram detidos, ouvidos pela polícia civil e liberados.

No imóvel foram encontradas duas facas, uma com marcas de sangue e a outra tinha sido lavada, além de um bilhete onde a vítima narrou uma briga que teve com Gabriel. Ele deixou escrito que foi ameaçado de morte e colocou o nome de duas testemunhas no papel, que foram localizadas pela polícia.

A dona de casa Tereza dos Santos Pompeo, mãe de Gabriel, contou que o filho vinha se desentendo com a vítima a algum tempo por causa de um hidrômetro, que fica próximo a casa de Rodrigo. Segundo a polícia, Gabriel vendia droga na região e usava o hidrômetro para esconder o entorpecente.

No dia em que foi preso, Gabriel chegou a confessar o crime ao delegado plantonista da Depa(Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga, Reginaldo Salomão, mas depois voltou atrás e negou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions