A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

10/04/2014 08:48

Acusado de matar empresário queria ser policial e já deu golpe em posto

Graziela Rezende
Foto do autor postada nas redes sociais. Foto: Reprodução FacebookFoto do autor postada nas redes sociais. Foto: Reprodução Facebook

Acusado de matar o empresário Erlon Peterson Pereira Bernal, 32 anos, Thiago Henrique Ribeiro, 21 anos, tem outras passagens pela Polícia. Enquanto acompanhava as investigações da Defurv (Delegacia Especializada de Repressão ao Furto e Roubo de Veículos), a delegada Ana Cláudia Medina, da 1ª Delegacia da Capital, reconheceu-o como autor de outros crimes.

“Ele abasteceu R$ 140 em um posto de gasolina e fugiu sem pagar. Uma funcionária do local chegou aqui desolada e eu prometi a ela que iria identificá-lo. Nós o encontramos no dia 27 de setembro e na época ele trabalhava em uma construtora. Thiago foi indiciado por estelionato e eu jamais esqueci quando ele disse ironicamente que aquilo não daria em nada e que ele ainda seria policial militar”, afirma a delegada.

Segundo Medina, Thiago já possuía um “discurso criminoso” e não parecia se preocupar com o indiciamento. “Eu o reconheci também por conta do veículo Golf, que foi o carro que ele abasteceu. Nós inclusive temos a foto dele com este veículo aqui na delegacia. No posto, ele disse que estava com o cartão do avô e fingiu digitar uma senha errada três vezes e depois o bloqueio do cartão”, explica a delegada.

As informações apontam algo que a Polícia já vinha afirmando há alguns dias. O grupo criminoso possuía preferência por este modelo de carro e tinha a certeza da impunidade. Erlon, na verdade, foi a segunda vítima do grupo em 48h na semana passada.

Ontem (9), o Campo Grande News comentou detalhes sobre o perfil de Thiago nas redes sociais. Ele possui inúmeras fotos com um veículo Golf dourado e outras em que levava uma vida normal, rodeado de amigos e com presença constante em festas.

Coletiva - Acompanhado dos três comparsas, Thiago foi apresentado na manhã de ontem. Ele chorou, disse estar arrependido e pediu perdão aos familiares da vítima, bem como os seus parentes e amigos.

Ele, que é suspeito de praticar outro assassinato bárbaro com o pedreiro Jeferson dos Santos Souza e Rafael Diogo, conhecido como “Tartaruga”, ambos de 21 anos, responderá ao menos por quatro crimes: latrocínio (roubo seguido de morte), ocultação de cadáver, porte ilegal de arma de fogo e impossibilidade de defesa da vítima.

Além deles, também foi apreendida uma adolescente de 17 anos e o funileiro Athaíde Pereira, 50 anos, que modificou para a cor branca o carro da vítima.

Crime – A vítima saiu de casa às 14h da terça-feira (1°) para mostrar o veículo a um suposto cliente. O local combinado foi na avenida Interlagos, em frente a rotatória da Coca-cola, em Campo Grande. Ao chegar lá, um dos bandidos disse a ele que precisava mostrar o Golf a uma tia, para “fechar negócio”.

No entanto, poucos minutos após chegar na casa no bairro São Jorge da Lagoa, Erlon foi assassinado e o corpo enterrado em um fossa séptica.

 



Vai virar mulherzinha na cadeia.

Prepara a saia Thiagão!!!
 
Danillo de Mendonça Acosta em 14/04/2014 15:17:22
o caso e que apenas um desses calotes foi denunciado,teve mais crimes feito por ele na cidade e que as vitimas não quiseram denunciar,talvez com medo ou vergonha
 
suzyany de carvalho em 10/04/2014 18:20:06
E o pior que é ta cheio desses bandidos à solta, com essa mesma mentalidade, são ruins, ameaçam a sociedade, são criminosos, e ainda falam que querem ser policiais, pq assim sendo, terão costas quentes, como eu também ja ouvi dizerem. É mesmo o fim dos tempos!
 
Fabiana Gois da Rocha Marinho em 10/04/2014 15:40:36
Vai chorar no inferno....
Peste!
 
Ygor Barbosa em 10/04/2014 14:10:38
Eu queria saber cade os pais deste que não deu educação.
 
Sonilda Da Cruz em 10/04/2014 11:38:48
Quando era pequeno ouvia sempre os 'mais velhos' dizerem que "pau que nasce torto, morre torto. E se você queimá-lo, até a cinza fica torta"
Vendo tudo isso, acho que por aí....
 
Juvenal Coelho em 10/04/2014 10:58:40
E o cara paga uma de santinho...chorando e todo arrependido...Não é de admirar do cinismo do animal.
 
GILBERTO P PEREIRA em 10/04/2014 10:23:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions