A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

05/06/2018 18:55

Acusado de matar vizinho a facadas por dívida de R$ 20 vai a júri amanhã

Crime ocorreu em 2015 e teria como motivação valor devido pela venda de uma bicicleta

Humberto Marques
Crime ocorreu na rua dos Marimbas, no Caiçara. (Foto: Luana Rodrigues/Arquivo)Crime ocorreu na rua dos Marimbas, no Caiçara. (Foto: Luana Rodrigues/Arquivo)

A 2ª Vara do Tribunal do Júri analisa a partir das 8h desta quarta-feira denúncia contra Fernando Vicente Fernandes de Andrade, 31, acusado de matar o vizinho José Muniz Barreto, 48, com 11 facadas. O crime ocorreu na rua dos Marimbas, no Caiçara, em Campo Grande, e teria como motivação uma dívida de R$ 20 referente à venda de uma bicicleta.

Conforme o MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), Barreto teria vendido uma bicicleta para o vizinho por R$ 50. Porém, o comprador teria pago R$ 30, levando a vítima a exigir receber o dinheiro restante o quanto antes. Informações que fundamentaram o processo atribuem a Barreto um comportamento violento.

Em 26 de julho de 2015, autor e vítima tiveram duas discussões em frente de suas casas por conta da dívida. Na segunda vez, houve luta corporal, em meio a qual Andrade teria sacado uma faca e atingido Barreto com três golpes na altura do peito. A vítima fugiu, mas teria sido perseguida e esfaqueada mais oito vezes.

O MPMS acusa Andrade de homicídio doloso, ao passo que a defesa pretende explorar o mérito da questão durante o júri. Titular da Vara, o juiz Aluizio Pereira dos Santos enquadrou o acusado no crime de homicídio doloso simples –levando agora o caso ao tribunal popular.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions