A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Junho de 2018

17/05/2011 11:10

Adolescente furtou arma do crime da casa da vítima há uma semana

Aline dos Santos e Francisco Júnior
Faca foi usada em assassinato no bairro Buriti. (Foto: Francisco Júnior)Faca foi usada em assassinato no bairro Buriti. (Foto: Francisco Júnior)

A faca usada no assassinato de Creuzina Alves Gomes, de 59 anos, foi furtada da cozinha da casa da vítima há uma semana. “É a segunda vez que eu pulo lá dentro. Só que ela chegou e eu não queria encontrá-la”, relatou o adolescente autor do crime à imprensa.

Conforme a delegada da Deaij (Delegacia de Atendimento a Infância e Juventude), Maria de Lourdes Cano, no primeiro furto ele levou a faca, aparelho de som e secador de cabelo.

Com o rosto voltado para a parede, ele respondeu tranquilamente às perguntas do jornalista sobre o crime, ocorrido na noite de ontem no bairro Buriti, em Campo Grande.

Ele trajava uma camiseta da rede estadual de ensino, mas não estuda e nem trabalha. O rapaz conta que está arrependido, pois será pai em breve, e culpa as drogas. Ele afirma ser usuário de maconha e pasta base há dois anos.

O adolescente conta que ontem viu a vítima sair de casa por volta das 16h. Como de costume, ela o convidou para ir à igreja. O rapaz mora em frente à casa da vítima.

Numa ocasião, aproveitou a proximidade para conseguir um autógrafo da cantora de axé Lia Mayo, sobrinha de Creuzina. Ultimamente, ele se valia da proximidade para furtar. Na semana passada, o adolescente furtou um aparelho de som, secador de cabelo e a faca.

O rapaz tem passagem policial desde os 12 anos, por crimes de furto, roubo, importunação e lesão corporal. Agora, ele deve ser encaminhado para a Unei (Unidade Educacional de Internação) Los Angeles.

Adolescente autor de assassinato culpa drogas e se diz arrependido. (Foto: Francisco Júnior)Adolescente autor de assassinato culpa drogas e se diz arrependido. (Foto: Francisco Júnior)

Chocante - De acordo com a delegada, o adolescente relatou que estava escondido debaixo da cama em um dos quartos da casa da vítima.

Em depoimento, ele contou que Creuzina voltou da igreja e foi atender um motociclista, que teria ido ao local para receber R$ 20. Ela não encontrou o dinheiro, já furtado pelo adolescente.

Em seguida, o cachorro passou a latir de forma insistente em direção ao esconderijo do ladrão. Quando a mulher se abaixou para olhar debaixo da cama, foi atacada. Ele desferiu uma facada no rosto da vítima. A faca tem cerca de 12 centímetros de lâmina.

Com o golpe, ela caiu. O adolescente tapou a boca da mulher e tentou enforcá-la com o fio do ferro de passar roupas. Porém, ela morreu em virtude da facada. A delegada acredita que o rapaz tentou estuprar a vítima. A mulher foi encontrada nua da cintura para baixo.

Ele justifica que tirou a roupa para ver se a vítima tinha sangramento. O adolescente fugiu levando os R$ 20 e joias. Ao ser apreendido, ele estava com um brinco em uma pulseira da vítima. O rapaz relatou que conhecia Creuzina há três anos e freqüentava a sua casa.

“Cada vez mais os adolescentes se envolvem com crimes que chocam. Cada vez mais eles estão acabando na marginalidade”, enfatiza a delegada.

Mulher assassinada no bairro Buriti é tia da cantora Lia Mayo
Creuzina Alves Gomes, 59 anos, assassinada no bairro Buriti, é tia da cantora Lia Mayo, conhecida por shows de axé em todo o Estado, como festa tradi...
Adolescente de 17 anos mata mulher a facada no Buriti
A vítima conhecia o adolescenteCreuzina Alves Gomes, 59 anos, foi morta a facadas por volta das 19 horas de ontem, no bairro Buriti, em Campo Grande...


Esse criminoso não tem nada de "inocente, infantil", pra ser tratado como adolescente. Tinha plena consciência do que estava fazendo, até porque ele próprio confessa a prática reiterada de crimes menores, como o furto, valendo-se do "conhecimento" que tinha com a vítima. Se faz isso com alguém de seu convívio, com quem não tinha nenhuma rixa, supondo-se, portanto, que era como um "amigo" da pobre senhora, imagine o que não será capaz de fazer quando atacar alguém aleatoriamente nas ruas!
Esse marginal deve ser purgado da sociedade, pelo bem de nossas crianças e idosos, os realmente "inocentes" nessa história toda, que poderão vir a se tornar sua próxima vítima.
 
Ana Honda em 17/05/2011 12:59:05
Infelizmente, desde a promulgação do E>C>A ( Estatuto da Criança e do Adolescente ), vimos aumentar em grande escala a criminalidade juvenil, que diante de Penas brandas usam os preceitos do Estatuto para cometerem crimes barbaros e ficarem impunes, pois é isso que o Estatuto prevê a " IMPUNIDADE " , infelizmente o ECA só tem colaborado para ajudar os marginais juvenis e já passou da hora de mudanças nesse Estatuto e assegurar puniçôes reais e rígidas aos Criminosos Juvenis. Tal como se aplica nos Estados Unidos.
 
Nauro A. Lara em 17/05/2011 12:56:10
Eu sou a favor de que mude esse lei de punição para menores.
a partir dos 7 anos de idade TODO ser humano tem noção do que é certo e errado. e acredito que tenham que ser punidos conforme o crime que cometem!
Assim como nos EUA sao punidos conforme a gravidade de seus crimes cometido são julgados como um adulto, pois se cometem crimes de "adultos" terão que ser punidos como "adultos".
 
Ana Paula Salviano em 17/05/2011 12:10:48
Se cada vez mais adolescentes estão envolvidos em crimes bárbaros como afirma a delegada, nossos legisladores precisam com urgência alterar leis penais para punir esses marginais com rigor!! UNEI não resolve nada!
 
Joceane Paula Zanon em 17/05/2011 11:57:17
DE MENOR,para matar e tudo mais,acredito que mais cedo ou mais tarde ele vai ter o que merece,ja que daqui a uns dois meses ja vai estar solto praticando tudo de novo.É repugnante um marginal deste porte ainda ser considerado adolescente e ir passar umas ´´férias´´na unei.Que Deus conforte o coraçao desta familia que perdeu de forma brutal tao brutal uma pessoa querida.
 
Emerson De Oliveira em 17/05/2011 11:39:48
Em casos revoltantes como esse NÃO deveria ter idade pra ser punido exemplarmente. Explico: PENA DE MORTE. Sem medo e nem dó e sem julgamento e sem gastar papéis e tinta de impressora com processos quilométricos e demorados.

Ele executou sumariamente essa senhora (que Deus a tenha) e deveria ser executado sumariamente tbém, pois não há dúvida nenhuma da índole desse assassino, assim como não há dúvida de que ele voltará a matar independente da idade.
 
arthur donavann em 17/05/2011 04:09:26
e pq nao existe a pena de morte aindaaaa???? heinnn???/ essas leis foram feitas pra da grana pra advogadosssssss
 
juliano marchezan em 17/05/2011 01:02:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions