A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

16/11/2015 12:55

Agente penitenciário utiliza música para conscientizar crianças carentes

Flávia Lima
Projeto existe desde 2004 e hoje conta com apoio da prefeitura e estado. (Foto:Divulgação)Projeto existe desde 2004 e hoje conta com apoio da prefeitura e estado. (Foto:Divulgação)

Com o propósito de alertar sobre os riscos que corre quem opta pelo caminho da criminalidade, o agente penitenciário Josias Alves Gomes tem ajudado a mudar a vida de pelo menos 60 crianças carentes, com idades entre 8 e 16 anos, residentes em Coxim.

Atuando no Estabelecimento Penal Masculino da cidade, o servidor ministra aulas de música e ensina as crianças a tocar instrumentos de fanfarra.  “Eu sou um exemplo do poder que a música tem em influenciar positivamente as crianças, fiz parte de um projeto como esse quando eu era pequeno e isso me ajudou demais a me tornar um adulto responsável”, comenta.

As aulas acontecem três vezes por semana, nos períodos vespertino e noturno e a experiência adquirida no trabalho com os presidiários vem contribuindo no processo educacional das crianças.

“Converso muito com os meus alunos sobre as histórias que acabo conhecendo na minha profissão, os descaminhos que levam à criminalidade e as consequências dessas escolhas, e percebo que isso, de alguma forma, toca cada um deles”, ressalta o professor, que recebe o apoio da direção do presídio e dos colegas de serviço.

O trabalho começou em 2004 e foi ampliando, até que em 2009 conseguiu uma doação de instrumentos da prefeitura. Hoje consolidado, atualmente o projeto é conduzido pela Associação dos Amigos, Voluntários e Colaboradores, que cedeu espaços nos bairros Piracema e Senhor Divino para a execução do projeto, além de fornecer lanche e transporte aos alunos

No local ainda são oferecidos reforço escolar e aulas de computação. Até os pais podem participar do projeto, recebendo aulas de artesanato. No total, são cerca de 440 assistidos pela instituição, incluindo crianças que fazem parte de outros projetos.

A presidente da associação, Lucimeire Barbosa, explica que para fortalecer a fanfarra, a entidade conseguiu o investimento de cerca de R$ 20 mil em novos equipamentos doados pelo Governo do Estado, proveniente de emenda parlamentar; além da doação de instrumentos de sopro pela Fundação Professora Clarice Rondon de Cultura, Desporto e Lazer.

“Estamos buscando agora parcerias para conseguirmos recursos para a confecção do uniforme de gala, orçado em R$ 50 mil. Nosso objetivo é que eles possam desfilar e competir em outros munícipios”, afirma.

Festival reúne 800 pessoas de bandas e fanfarras de dez cidades
Grupos de dez cidades, com pelo menos 800 integrantes, participaram ontem do 8º Festival de Bandas e Fanfarras de Nova Andradina, cidade a 300 km de ...
Último mutirão da Funtrab na Capital em 2017 será realizado na sexta-feira
  Será realizada na sexta-feira (15), das 8h às 17h, a última ação de atendimento emergencial ao trabalhador da Funtrab (Fundação do Trabalho de Mato...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions