A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

20/06/2012 14:41

Alagado pela chuva, posto de saúde tem atendimento suspenso

Viviane Oliveira e Elverson Cardozo
Por conta das goteira, mulher se protege com guarda-chuva dentro do posto de saúde. (Fotos: Minamar Júnior)Por conta das goteira, mulher se protege com guarda-chuva dentro do posto de saúde. (Fotos: Minamar Júnior)
O atendimento, por conta do alagamento, foi suspenso.O atendimento, por conta do alagamento, foi suspenso.

A Unidade Básica de Saúde da Família do Jardim Macaúbas, região sul da cidade, teve o atendimento suspenso hoje, após ser alagado pela chuva que cai desde a madrugada em Campo Grande.

Todos os agendamentos do período vespertino foram cancelados. Os pacientes foram orientados a remarcar a consulta. Mas, a informação que o posto passou é para que os pacientes deixassem o nome e o telefone para que os funcionários da unidade ligassem informando uma nova data e horário para atendimento.

A situação prejudicou tanto os pacientes quanto os funcionários. Três equipes médicas do turno foram dispensadas.

A dona de casa Vânia Braga de Oliveira, de 32 anos, voltou para casa sem consultar o filho, de 7 anos, que está com problema na garganta. Ela queria apenas encaminhamento a um otorrinolaringologista. A consulta estava marcada desde quarta-feira passada.

Vânia Maria crítica o poder público e diz que entende que a culpa não é dos funcionários. “A gente sai com chuva e não tem atendimento. A culpa é do poder público que deixa a gente nessa situação”, disse.

Outra pessoa que não conseguiu atendimento, foi a auxiliar de serviços gerais Ana Cristina Carvalho, de 43 anos, que tinha um exame preventivo marcado para as 13 horas.

Ana Cristina explica que foi prejudicada porque faltou serviço. “Agora não sei quando vão me ligar, a minha preocupação é que segunda-feira começo em outro emprego e não queria pegar atestado”, lamenta.

A coordenadora do Conselho de Gestão da Unidade, Francisca Nogueira disse que a situação é recorrente. “Não é a primeira vez que o posto de saúde alaga e a situação já foi comunicada a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) por diversas vezes por meio de ofício”, reclama.

Desde 2008, Francisca trava uma batalha para conseguir reformar a unidade de saúde. A chuva desta quarta-feira alagou a recepção, a sala da gerente que também está com o teto apresentando infiltração e a farmácia. Isso é a saúde, finalizou, criticando a situação.

A assessoria de imprensa da prefeitura informou que a obra de reforma da Unidade Básica de Saúde da Família, do bairro Macaúbas, custará R$ 400 mil reais e será realizada com recursos estadual, no valor de duzentos mil reais e mais duzentos mil de recursos próprios da Prefeitura de Campo Grande.

Ainda de acordo com a assessoria, o convênio para liberação dos recursos estaduais já foi assinado e, nos próximos dias, a prefeitura publica o edital de abertura do processo licitatório da obra de reforma geral do prédio da unidade.

Devido à previsão meteorológica de chuva para hoje e amanhã, a gerência da unidade de saúde cancelou as agendas desta quarta e quinta-feira, mas irá assegurar o atendimento a todos os usuários que tinham consultas agendadas. A medida também visa garantir a segurança dos profissionais que trabalham na UBSF e dos usuários.

Vânia voltou para casa sem consultar o filho de 7 anos. Vânia voltou para casa sem consultar o filho de 7 anos.
Pacientes aguardando para remarcar consulta. Pacientes aguardando para remarcar consulta.
Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


Mas esta Administração atual tem apoio da maioria da população de Campo Grande, não deve ter nada mau feito. Aorda povão, passou da hora de mudar a Administração de Campo Grande e entrar gente nova, sem conchaves velhos. Aprenda a votar em 07.10.2012.
 
luiz alves em 21/06/2012 08:29:31
nao e so esses dois nao, o da vila popular tambem, alaga tudo quando chove, alem do jardim aero italia que tiverm que retirar os pacientes de um lado da recepçao, imagine os outros dos quais nao frequentamos, e a engenharia da prefeirura serviço mal feito.
 
roberto matos em 20/06/2012 08:01:07
Não é só esse não, no Iracy Coelho que é posto "modelo", a água escorre pelas paredes e a farmácia teve que mudar de lugar para não perder todo a medicação. E no CRS Aero Rancho? a recepção teve que ser mudada de lugar. Adivinha porquê??????
 
mara de oliveira em 20/06/2012 02:49:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions