ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  29    CAMPO GRANDE 17º

Capital

Ao saber que seria preso, homem que matou namorado de ex tenta suícidio

Assim que receber alta, Antônio Carlos Medeiros Veiga, de 55 anos, vai direto para o presídio

Por Viviane Oliveira | 19/05/2022 12:15
Antônio (de boné) saindo da delegacia no dia em que se apresentou na companhia de dois advogados. (Foto: Marcos Maluf)
Antônio (de boné) saindo da delegacia no dia em que se apresentou na companhia de dois advogados. (Foto: Marcos Maluf)

Após ficar sabendo que seria preso, Antônio Carlos Medeiros Veiga, de 55 anos, que matou Fabiano Schmidt, em um bar no Jardim Colibri, tentou suicídio e o mandado de prisão foi cumprido na Santa Casa.

Conforme o delegado Rodolfo Daltro, da 5ª Delegacia de Polícia Civil, na sexta-feira (dia 13), no fim da tarde, saiu o mandado de prisão de Antônio. No período da manhã, ele havia se apresentado à polícia, mas foi liberado após prestar depoimento, porque não tinha mais flagrante.

No dia 16, o advogado de Antônio foi informado sobre a prisão e ficou combinado do cliente dele se entregar no dia seguinte pela manhã, às 9h. “Por volta das 8h30, a família o encontrou caído. Ele havia cortado os pulsos e tomado vários medicamentos. Então, o mandado foi cumprido na Santa Casa”, disse Daltro.

Segundo apurado pela reportagem, Antônio está se recuperando, não corre risco de morte e assim que receber alta, vai para o presídio. “A versão apresentada por ele é totalmente incompatível com o que apuramos até o momento", comentou o delegado Rodolfo Daltro, responsável pelo caso, no dia em que Antônio se apresentou e deu sua versão para os fatos. Ele estava na companhia de dois advogados e alegou legítima defesa.

Apresentação - Acompanhado de dois advogados, Antônio Carlos foi até à 5ª Delegacia de Polícia Civil e entregou o revólver calibre 38 usado na execução. Ele disse que tinha a arma para se proteger, porque trabalhava como caminhoneiro. Desde que discutiu com Fabiano em fevereiro deste ano, passou a andar sempre armado.

Imagens de câmeras de segurança às quais a polícia teve acesso mostram o criminoso passando de moto por várias vezes em frente ao bar onde a ex-mulher estava com o atual namorado. “O vídeo mostra que depois, ele entra e atira uma vez na direção do Fabiano. A ex-mulher entra na frente e tenta impedir, mas ele a empurra e atira outras quatro vezes na vítima”, explicou o delegado Rodolfo Daltro.

Nos siga no Google Notícias