A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

29/01/2013 11:45

Aos 80 anos, ele foi defender o cão de um pit bulll e acabou atacado

Francisco Júnior e Luciana Brazil
Local onde ocorreu o ataque. (Foto: Luciana Muta)Local onde ocorreu o ataque. (Foto: Luciana Muta)

Um idoso de 80 anos foi atacado por dois cachorros da raça pit bull por volta das 9 horas de hoje (29), na rua Conde Pinhal, no Jardim Colibri, em Campo Grande.

A vítima, Aparecido Heron, foi mordida em uma das mãos por um dos pit bulls ao tentar defender seu cachorro do ataque dos cães.

Os pit bulls estavam soltos na rua sem coleira e aproveitaram que o portão da casa estava aberto e invadiram o local. O cachorro do idoso avançou nos animais e acabou ferido.

O idoso interveio e teve a mão mordida por um dos pit bull. Para tentar ajudar o marido, a mulher dele esfaqueou o cachorro várias vezes. Só desta maneira, conta o Eduardo Dias de Oliveira, 30 anos, vigilante vizinho do casal que presenciou a cena, o animal soltou a mão do idoso.

No local onde aconteceu o ataque ficou várias marcas de sangue. O socorro da vítima foi feito pelos bombeiros e por uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Aparecido teve que ser encaminhado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Universitário, onde recebeu atendimento de saúde.

Os dois pit bulls foram capturados por funcionários do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses).

A filha do idoso socorreu o cão da família ferido no ataque e o levou para uma clínica veterinária.

Os vizinhos da vítima não souberam dizer quem é o proprietário dos pit bulls.

Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...
Homem tem corpo queimado em acidente doméstico e morre na Santa Casa
Após dois dias internado, José Loureiro da Cruz, 49 anos, morreu por volta das 6h30 desta sexta-feira (15) na Santa Casa em decorrência de acidente d...


Eu acho um absurdo pessoas deixarem seu cachorro solto na rua, indiferente se ele é manso ou bravo, pois ninguém sabe a reação dele em uma situação adversa.
Sempre aparece em frente de casa um para ficar acoando, da vontade de chamar a carrocinha e mandar para o CCZ. Essa situação ja demosntra que o dono não tem o mínimo de cuidado com o animal.
 
Alcione Pavão em 30/01/2013 11:41:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions