A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019

09/08/2019 08:46

Apesar de "amigos", homem passou 2 vezes com carro em cima de vítima

Osvaldo foi espancado e atropelado após beber em bar com amigo; caso ocorreu no bairro Los Angeles

Kerolyn Araújo e Mirian Machado
Veículo do suspeito usado para atropelar Osvaldo. (Foto: Henrique Kawaminami)Veículo do suspeito usado para atropelar Osvaldo. (Foto: Henrique Kawaminami)

Forte relação de amizade. Era esse o vínculo que ligava o agente de saúde aposentado Osvaldo Ribas, 57 anos, morto após ser espancado e atropelado, ao principal suspeito do crime, Rogério de Souza, 35 anos. Mesmo com essa ligação, o autor passou duas vezes com o carro por cima do corpo da vítima. O caso ocorreu na tarde de ontem (8) na Rua Engenheiro Paulo Frontin, no bairro Los Angeles, em Campo Grande.

Ao Campo Grande News, a filha de Osvaldo, Elizandra Ribas Serafim, 32 anos, contou que ainda tenta entender o motivo do assassinato do pai. ''Não entendo o que aconteceu porque meu pai e ele eram amigos, viviam juntos. Ele até ajudou a reformar a casa", disse.

Logo após saber do caso, Elizandra foi ao local da briga e encontrou o pai bastante ferido. ''Ele estava muito machucado, mas ainda consciente", contou. Osvaldo foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas morreu pouco antes de dar entrada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Moreninhas.

Rogério de Souza é o principal suspeito do crime. (Foto: Divulgação)Rogério de Souza é o principal suspeito do crime. (Foto: Divulgação)

Uma testemunha que presenciou o crime, que preferiu não se identificar, contou à reportagem que Osvaldo e o suspeito chegaram juntos ao bar ainda de manhã. Por volta das 15h, eles começaram a discutir e a vítima foi espancada.

Ainda segundo a testemunha, o suspeito entrou no carro, um Chevrolet Celta, e passou por cima de Osvaldo duas vezes. Em seguida, ele foi para a casa, deixou o veículo e fugiu.

O dono do bar relatou que fechou o estabelecimento para o almoço às 10h, mas os dois continuaram sentados no local. Quando abriu novamente, a briga já tinha acontecido.

O caso - Conforme apurado pelo Campo Grande News, a vítima e o suspeito bebiam em um bar da Rua Engenheira Paulo Frontin, no Los Angeles, quando por volta das 15h houve um desentendimento entre a dupla.

Durante a briga, Osvaldo foi agredido e atropelado pelo autor. Ele chegou a ser socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu pouco antes de chegar na UPA (Unidade de Pronto Atendimento Comunitário) das Moreninhas.

A polícia foi até a casa do suspeito e encontrou o carro usado no atropelamento. Ele apresentava amassado na lataria e manchas de sangue. O celular de Osvaldo também estava dentro do veículo de Rogério.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions