A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

30/08/2012 16:14

Aplicativo para celular irá guiar deficientes visuais ao ponto de ônibus

Helton Verão

Autoridades exaltaram utilidade do programa que poderá ser útil para todos usuários do transporte coletivo

Deficiente visual mostra como funciona aplicativo (Foto: Rodrigo Pazinato)Deficiente visual mostra como funciona aplicativo (Foto: Rodrigo Pazinato)

Foi apresentado na tarde desta quinta-feira (30) o aplicativo para celular que irá auxiliar os deficientes visuais usuários do transporte coletivo da Capital onde encontrar o ponto de ônibus mais próximo e quais as linhas que o podem levar ao seu destino.

O prefeito Nelson Trad Filho marcou presença na solenidade na sede do Ismac (Instituto Sul-mato-grossense para Cegos Florivaldo Vargas) e exaltou a acessibilidade que programa irá oferecer. “É um projeto de experiência e contaremos com o auxilio da população, para indicar no que podemos melhorar sempre”, comentou o prefeito.

O programa é semelhante a um GPS, mas que trabalha com as linhas de transporte coletivo. A empresa G2I desenvolveu o software junto ao Ismac. “Foram oito meses trabalhando neste aplicativo, trabalhamos com o mapeamento geográfico e com os itinerários das linhas inicialmente cadastradas”, explica o idealizador do programa, o analista de sistema, Rodrigo Dutra.

Segundo Dutra, em breve será iniciada a segunda fase do programa, onde os motoristas do circulares irão trabalhar com um computador de bordo, onde indica que em determinado ponto tem um deficiente visual a espera para o embarque e também espera o desembarque.

Na mesa Rudel, o prefeito Nelson Trad Filho, Joao Resende, Telma Nantes e Rodrigo Dutra (Foto: Rodrigo Pazinato)Na mesa Rudel, o prefeito Nelson Trad Filho, Joao Resende, Telma Nantes e Rodrigo Dutra (Foto: Rodrigo Pazinato)

A diretora presidente do Ismac, Telma Nantes comemorou mais uma vitória rumo a acessibilidade e a inclusão social. “Ganhamos nosso direito de ir e vir. Já olhei o programa e um grupo de pessoas o testou e não viram problemas”, ressaltou Telma.

Marcaram a presença também na solenidade o diretor da Assetur, João Resende e o diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Rudel Trindade Júnior.

“O aplicativo vai servir não só para o deficiente visual, mas para todos usuários do transporte coletivo, pois qualquer um poderá pesquisar os horários, ponto e a melhor linha para embarcar”, comentou o presidente da Agetran.

Para utilizar o aplicativo o aparelho celular ou tablet deve ter GPS e conexões 3g ou Wi-Fi. Estão disponíveis no site da Assetur e Agetran.

Próximo passo - Além da segunda fase do aplicativo que deve estar funcionando dentro de 60 dias, já está em processo de instalação os sinalizadores para deficientes visuais atravessarem as principais vias do centro da Capital. Será instalado um sistema com um botão que quando acionado fecha o semáforo da via para a travessia do pedestre.

Segundo Rudel, na Avenida Ernesto Giesel e rua Calógeras as obras estão bem avançadas e as próximas vias que terão o sistema são a Rua 13 de Maio e 14 de Julho e Pedro Celestino.

Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...
Ação oferece serviço especial na UBSF do Tarumã nesta terça-feira
A UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) do Tarumã promove nesta terça-feira (12) diversas atividades voltadas para a promoção de saúde da populaç...


Acredito muito no avanço tecnologico, e realmente isso vem para melhorar a acessibilidade das pessoas com necessidades especiais, isso ainda é muito pouco precisamos de uma sociedade que inclua o seus de maneira igual e justa para todos e políticas publicas voltadas a toda essa classe que ainda carece de uma atenção especial.
 
alexsandra velasquez em 30/08/2012 11:51:43
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions