ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, SÁBADO  17    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Apontado como comparsa de Nando é esfaqueado e tem pulmão perfurado

Crime ocorreu no início da manhã deste sábado (29); vítima foi apontada como comparsa de serial killer

Por Kerolyn Araújo | 29/02/2020 07:42
Rua Alvares Penteado, no bairro Danúbio Azul, onde Jader foi baleado em 2016. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)
Rua Alvares Penteado, no bairro Danúbio Azul, onde Jader foi baleado em 2016. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

Jader Alves Corrêa, 34 anos, foi esfaqueado no início da manhã deste sábado (29) no bairro Danúbio Azul, em Campo Grande, e teve o pulmão perfurado pelos golpes. Ele foi apontado como um dos comparsas de Luiz Alves Martins Filho, o Nando, na morte de Ana Cláudia Marques, 37 anos, em 2016, mas foi absolvido.

Segundo informações do boletim de ocorrência, Jader foi ferido com duas facadas nas costas e pediu socorro na casa de uma mulher na Rua Acrópole. Ele foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhado para a CRS (Centro Regional de Saúde) do Nova Bahia.

No local, já inconsciente, os médicos constataram que o pulmão de Jader havia sido perfurado por um dos golpes. Devido à gravidade dos ferimentos, o homem foi transferido para a Santa Casa.

Em novembro de 2016, Jader também sofreu atentado no Danúbio Azul. Ele foi ferido por seis tiros na Rua Alvares Penteado. Na ocasião, vizinhos contaram que a vítima corria e gritava que não tinha nada a ver, mas mesmo assim foi perseguida por dois homens e atingida pelos disparos.

Pouco tempo depois, Jader foi apontado como comparsa de Nando na execução de Ana Cláudia Marques, no mesmo ano. Ela teria sido espancada a pauladas e enforcada até a morte pelo homem. Em novembro do ano passado, Jader foi julgado e absolvido por falta de provas. 

Apontado como autor de ao menos 16 assassinatos, Nando soma mais de 136 anos de prisão pelas execuções e ocultação dos cadáveres das vítimas em seu "cemitério particular", na região do Bairro Danúbio Azul.

 

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário