ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Após 4 anos, leitos psiquiátricos reabrem ao custo de R$ 75 mil/mês

Lucia Morel e Caroline Maldonado | 27/12/2021 10:27
Ala psiquiátrica da Santa Casa terá 20 leitos. (Foto: Caroline Maldonado)
Ala psiquiátrica da Santa Casa terá 20 leitos. (Foto: Caroline Maldonado)

Os 20 novos leitos psiquiátricos da Santa Casa de Campo Grande, reabertos depois de quatro anos, serão mantidos ao custo de R$ 75 mil por mês, sendo R$ 50 mil do governo federal e R$ 25 mil prometidos pelo governo de Mato Grosso do Sul, segundo o diretor de Estratégia e Negócios do hospital, João Carlos Machezan.

Conforme ele, foram investidos R$ 66 mil do Ministério da Saúde para a reforma do espaço e instalação dos leitos, que vão atender pacientes psiquiátricos encaminhados pelas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e permanecerão internados entre 7 e 15 dias.

Além disso, o diretor explicou que pessoas com problemas mentais, sejam decorrentes de uso de álcool ou drogas e ainda por questões fisiológicas serão atendidas por lá e posteriormente encaminhadas às unidades de Caps (Centros de Atenção Psicossocial). Os leitos da Santa Casa serão utilizados enquanto esses pacientes estiverem em crise e só sairão após a estabilização do quadro.

Sobre o fechamento do setor em 2017, Machezan disse que, na época, o serviço era bom, principalmente na formação de residentes e pesquisas na área psiquiátrica, mas não estava interligado ao SUS (Sistema Único de Saúde), o que começa a ocorrer agora. “Prestaremos o atendimento mais intensivo e integrado à rede”, sustentou.

O secretário de Saúde de Campo Grande, José Mauro, informou que a reabertura ocorre diante do aumento de casos de problemas psiquiátricos decorrentes da pandemia do novo coronavírus, mas não informou números. Ele disse ainda que será um trabalho executado a quatro mãos, unindo governos federal, estadual, municipal e Santa Casa.

Nos siga no Google Notícias

Veja Também