A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

11/07/2012 20:08

Após assalto a correspondente bancário, Sindicato reclama de mudanças no BB

Nyelder Rodrigues
Vítima foi socorrida pelo SAMU e encaminhada à Santa Casa de Campo Grande (Foto: Rodrigo Pazinato)Vítima foi socorrida pelo SAMU e encaminhada à Santa Casa de Campo Grande (Foto: Rodrigo Pazinato)

Após a tentativa de assalto que um correspondente bancário sofreu na tarde desta quarta-feira (11), em frente à agência do Banco do Brasil da avenida Júlio de Castilhos, na Vila Sobrinho, o Sindicato dos Bancários de Campo Grande e Região se manifestou sobre o caso.

De acordo com a presidente do sindicato, Iaci Azamor Torres, o Banco do Brasil implantou um sistema de “Caixas Volantes” que gera filas nas agências, fazendo com que os usuários tenham que procurar os correspondentes bancários para agilizar o atendimento.

Ainda segundo a presidente, os correspondentes não possuem aparato de segurança igual ao dos bancos, e juntando isso ao fluxo de dinheiro crescente, esses locais se tornam alvos fáceis para os bandidos.

A secretária de comunicação do sindicato dos bancários, apenas identificado como Neide, conta que esteve no local junto com os dirigentes José dos Santos Coqueiro e Cícero Roberto dos Santos, e que os assaltantes teriam seguido o correspondente já visando o malote. Devido aos altos custos dos carros fortes, os correspondentes se arriscam para depositar o dinheiro das transações.

Os “Caixas Volantes” tratassem de um novo sistema, Plataforma de Suporte Operacional (PSO), que centralizou o suporte às agências, estabelecendo caixas que podem ser deslocados de uma agência para outra, de acordo com a demanda de cada uma delas.

A implantação do sistema se deu supostamente para agilizar o atendimento e diminuir as filas, mas conforme o sindicato, piorou o atendimento, pois diminuiu o número de caixas e o atendimento que já era ruim justamente por falta de funcionários se tornou insustentável.

Na última sexta-feira (6), o Sindicato dos Bancários promoveu um piquete em frente da agência do Banco do Brasil Vivendas do Bosque, próximo a Via Park, em Campo Grande. O motivo da paralização temporária da abertura dos caixas foi a falta de um funcionário devido a implantação do PSO.

Eventos de Natal, inauguração de igreja e obras interditam 9 ruas na Capital
A Agetran (Agência Municial de Transporte e Trânsito) informa que pelo menos 9 ruas terão o tráfego impedido neste domingo (17) em Campo Grande. O fe...
Bandidos armados com faca usam carro prata para assaltar vítimas
Dois homens armados com faca em um carro prata - com placas HTI-8594 - assaltaram ao menos duas vítimas, na madrugada deste domingo (17), no Bairro C...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions