A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

28/06/2011 19:46

Após assaltos e furtos, moradores do Monte Castelo estão com medo

Nadyenka Castro e Viviane Oliveira

Duas famílias foram rendidas em uma semana

A maioria das casas tem muro alto e cerca elétrica, mesmo assim não inibe a ação dos bandidos.(Foto: Marcelo Victor)A maioria das casas tem muro alto e cerca elétrica, mesmo assim não inibe a ação dos bandidos.(Foto: Marcelo Victor)

“Agora, a regra aqui em casa é não abrir o portão após às 18 horas”, conta uma dona-de-casa de 25 anos que há dois meses teve a residência, localizada no bairro Monte Castelo, em Campo Grande, invadida por ladrões.

E ela segue à risca a regra. Era pouco mais de 17h30min quando a reportagem do Campo Grande News tocou o interfone da casa dela, que só aceitou falar sem ser identificada e sem abrir o portão.

Do lado de dentro, através de uma pequena fresta, ela contou à reportagem que há aproximadamente 60 dias ladrões serraram o motor do portão eletrônico, levantaram o mesmo, entraram na casa e furtaram notebook e joias.

A cerca elétrica e os pregos sobre o muro alto não impediram a ação dos criminosos. Por causa disso, muitos moradores do bairro assim como a dona-de-casa estão com medo.

Além do furto à esta residência e do arrombamento à uma mercearia, bandidos fizeram duas famílias reféns no período de uma semana. Pistas? Nenhuma, de acordo com a Polícia.

O furto à casa aconteceu quando não havia ninguém no local. A cerca estava desligada e a porta de acesso ao interior sem trancar. Agora, o imóvel está à venda. “Eu quero morar em um apartamento porque é mais seguro”, diz a mulher.

O arrombamento ao comércio foi há três meses. O ladrão não levou muitas mercadorias, o prejuízo maior foi o dano. “O prejuízo foi ter que arrumar a porta”, conta a comerciante Joselina Pereira Gomes, 57 anos.

“Aqui está todo mundo com medo. A gente percebe que tem gente estranha por aqui, que não é do bairro”, declara Joselina. No bairro, a iluminação pública é precária.

Assaltos- Em uma semana, duas famílias foram feitas reféns no bairro, onde a maioria das casas tem portão fechado, muros altos e cercas elétricas. Nos dois casos, os bandidos renderam as vítimas quando estas entravam em suas casas.

No início da noite do dia 20 deste mês (segunda-feira), quatro rapazes com armas de fogo e aparentemente sob efeito de drogas trancaram o homem e a mulher no banheiro, consumiram entorpecentes na residência, reviraram o local e fugiram com um Hynduai I-30, o qual já foi recuperado, celulares, notebook, televisão e pen drive

Sete dias depois, na noite dessa última segunda-feira (27), assaltantes fizeram refém a família de um empresário e o obrigaram a sacar dinheiro em um caixa eletrônico.

Os criminosos fugiram com R$ 500, celulares, televisão e o carro da família, um Siena, localizado no bairro Nova Lima.

Empresário e família são feitos reféns durante roubo no Monte Castelo
Uma família foi mantida refém dentro de casa na noite de ontem, no bairro Monte Castelo, em Campo Grande. Três ladrões renderam o dono do imóvel quan...
Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...


Bom pessoal a coisa vai ficar pior a partir do dia 5 de julho onde a lei que altera os dispositivos do Código de Processo Penal entrera em vigor, poderá causar sensação de impunidade à sociedade. Os presidios terão um bom numero de internos soltos.
A droga esta quase sendo liberada, motivo dos furtos e roubos onde os viciados conseguem sustentar seu vicio.
Soluçao estamos perdidos!!! se não mudarem as leis e o poder da segurançao publica.
A coisa vai ficar complicada!!!
 
Carlos Rosvalki em 29/06/2011 11:38:10
Também fui vitima de arrombamento a minha residência, é desesperador mesmo, o medo impera a qualquer barulho. Nós cidadãos de bem, adquirimos nosso patrimônio com muito esforço, matamos um leão por dia para vivermos com dignidade e prover conforto para nossa família. Estamos reféns desses ordinários, como podemos ir trabalhar e deixar esposa e filhos em casa em segurança? Não vejo outra saída que não a de se usar o artigo 38 nesses vagabundos. Desarmamento ? bla bla bla.... batela.... A Policia não faz nada.
 
Alexandre Melo em 29/06/2011 10:32:42
Pois é, enquanto a CIGCOE da sowzinho abordando e fazendo demonstrações de neurose e despreparo, na frente de vários cidadões de bem, a bandidagem está a solta, as vezes acho que a polícia tem um pouco de medinho dos marginais, agora do cidadão de bem, pagador dos seus salários, ah, aui eles não tem, vão pra cima mesmo, como se fossemos bandidos...
 
Gustavo César Capilé Gonçalves em 29/06/2011 10:23:04
Amigos sinto também a insegurança, olha, sou otimista vai piorar, veja bem, cada vez mais as leis favorecem os malas tem direiro até em Direitos Humanos, ficam tranquilos a piora esta chegando, com nova lei carcerária, já viu nos noticiários, em M/s, vai ser soltos uns 3.000 bandidos, ai de nos, os presidios estão lotados, e eles vai continuar com a malandragem, só Deus para nos guardar, os órgãos de combate, com as mãos amarradas pela Lei não pode isto não pode aquilo, e a bandidagem não tem misericordia, mata rouba estupra etc.
 
jose eudes em 29/06/2011 10:22:55
Infelismente, a coisa vai além disso é só relembrar-mos que a casa do prefeito Nelsinho, já foi alvo de ladrões! E foi a casa que "deveria" ter varios seguranças ou ate mesmo policiais militares protegendo, isso mostra quanto Campo Grande esta crescendo desordenado, sem segurança. Espero que algo seja feito, pois não adianta só promesas precisamos de ação.
 
Maria Helena em 29/06/2011 10:12:13
Saudades do coronel Adib ....................
 
luigi andolini em 29/06/2011 08:28:23
sou policial militar do tatico do 9 BPM, ontem prendemos em flagrante um elemento q agia na regiao do monte castelo. O mesmo era foragido do presidio de dourados, e estava portando arma de fogo pela rua Rio de Janeiro por volta das 16h00. Caso algum morador foi vitima de um cidadao com aprox 1.65 cm altura, cabelo pintado de loiro e varias tatuagens favor se dirigir ate o 2 DP ( av. Mascarenhas)para as devidas providencias
 
rodrigo boneventi em 29/06/2011 06:49:31
já esta na hora de mudar este filme cade a tal policia que todos nós pagamos para cuidar das nossas familhas todas as pessoas estão com medo temos que ficar escondidos para falar sobre estes casos de roubo acorda policia
 
ramão andrade barretos em 29/06/2011 01:49:25
Moro no bairro Coronel Antonino, bem próximo ao bairro Monte Castelo e a situação na região é caótica e desanimadora. Minha residência foi invadida por dois marginais a quase dois meses em plena tarde. Na ocasião minha esposa com 8 meses de gravidez e minha de filha de 1 ano e 8 meses ficaram sob a mira de revolver. Foram levados eletrônicos e dinheiro.
Na ocasião um vizinho conseguiu anotar a placa do veículo durante a fuga. A polícia localizou o veículo e o proprietário do mesmo algumas semanas depois. O proprietário indicou um fugitivo da colônia penal como o responsável pelo assalto. Já se passaram quase dois meses e ninguém foi preso até o momento.
Querem mais alguns relatos de ocorrências na região? Então segue...
Na ultima semana, uma pessoa foi assaltada na rua em que resido às 8h da manhã.
Há algumas semanas uma pessoa teve o caro roubado a uma quadra de onde moro.
Minha esposa caminhando no final da tarde flagrou um ciclista passando por ela com uma arma na cintura.
Na ultima semana um homem foi assaltado a poucos metros da delegacia de polícia da Avenida Macarenhas de Moraes. Ele havia sacado dinheiro em uma bancária.
Esta semana uma casa foi arrombada a duas quadras de minha residência quando os proprietários estavam fora.
O que vocês relataram aqui, não é nem o começo do que está realmente acontecendo na região.
Meu sentimento é de indignação e desespero, pois não existe segurança pública para ao cidadão comum.
Achei incrivelmente eficiente a atuação da policia para desvendar o assalto à metalúrgica localizada na Avenida Coronel Antonino. Em menos de 20 dias, os responsáveis estavam presos. Porque essa eficiência? Talvez porque seja uma empresa... porque o valor era de R$ 49.000,00... porque seus donos talvez são influentes perante o poder público... não sei. Sei apenas que o cidadão comum não recebe essa atenção.
As forças policiais são ineficientes por incompetência, preguiça, falta de recursos ou pelo conjunto.
O direito básico do cidadão de ir e vir, garantido pela constituição, foi ceifado pela ineficiência e incompetência de todos os poderes... executivo, legislativo e judiciário em todos os níveis.
Estamos entrando no estado de direito do cada um por si. Cada cidadão terá que passar a defender sua família e seu patrimônio com suas próprias mãos como vemos nos filmes de faroeste.
 
Aridnei Oliveira do Carmo em 28/06/2011 10:54:00
Podem ter certeza que esses marginais ou são menores de 18 anos ou são velhos conhecidos da polícia, embora tenham marginais mirins (-18) que tem mais passagem pela polícia que qualquer outra coisa.
Hoje o cidadão já não sabe mais o que fazer. Quem tem liberdade de ir e vir é o ladrão, o cidadão tem somente deveres e obrigações. Acordar cedo, ir para o trabalho, voltar para casa e se trancar na esperança que amanheça outro dia sem que nada aconteça de ruim para ele e seus familiares. Falta investimento na segurança pública, saúde, educação, falta tudo nesse país governado por pessoas que só pensam em seus próprios créditos, a política se esqueceu que o objetivo principal é governar para o bem do cidadão.
Estão em mais uma campanha para proibir o cidadão de se armar e se proteger, enquanto bandido anda armado nas ruas às sombras da justiça. Justiça essa, que estava para aprovar projeto de lei para que crimes não considerados hediondos, com penas inferiores a 4 anos não ocorrece prisão!
 
Wellington Sampaio em 28/06/2011 09:15:57
passou da hora de liberar um pouco do freio da policia......................
pra fazer um limpa nesses vagabundos...............
pensem nisso...............
qdo verem a policia dando um acocho neles, passem sem olhar e deixa a policia trabalhar..............
 
fabio punisher em 28/06/2011 07:59:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions