A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

26/02/2014 17:28

Após balear vizinho, Japonês tem casa furtada pela 2ª vez na Amazonas

Bruno Chaves
Casa foi revirada por bandidos (Foto: Cleber Gellio)Casa foi revirada por bandidos (Foto: Cleber Gellio)

Oito dias depois de ter a casa invadida e furtada, o comerciante Marcos Makuto Ito, o Japonês, 50 anos, foi novamente vítima da ação de bandidos. Na madrugada de hoje (26), o imóvel dele, que fica na Rua Rui Barbosa, quase esquina com a Rua Amazonas, foi arrombado e destruído. Nessa última ação, os ladrões levaram aparelhos eletrônicos e de pesca, que juntos somam R$ 70 mil.

Por ser furtado com frequência, Japonês acabou se envolvendo em uma confusão, no dia 19 de fevereiro, que terminou com o vizinho, o corretor de imóveis José Eduardo Borges Daniel, 42, baleado na costela. O comerciante foi conversar com o vizinho sobre os furtos quando se iniciou uma discussão e corretor acabou atingido por um tiro de revólver calibre 38.

“Esse bairro aqui, o São Francisco, é meio complicado. Eu moro aqui desde 1978 e sempre ocorriam pequenos furtos. O maior deles foi acontecer em 2008, quando levaram R$ 200 mil em joias, pratarias e outros objetos da minha mãe”, relembrou Japonês.

De lá para cá, a casa foi invadida por ladrões mais quatro vezes, a última nessa quarta-feira (26).

Depois do episódio que terminou com o vizinho José baleado, a polícia orientou Japonês a mudar de endereço. Ele, que mora com a esposa e três enteadas, preparou a mudança e começou o processo de transferência. Mas os ladrões chegaram antes e fizeram “um limpa”.

Nas palavras da cabeleireira Elza Inácio da Silva, 35, esposa de Japonês, a residência da família “sofreu uma destruição em massa”.

“Eles pularam o muro, cerraram a grade do banheiro, quebraram o vidro da janela e entraram. Como todas as portas da sala estavam trancadas, eles arrombaram todas. Arrancaram até as dobradiças”, explicou.

As portas de todos os cômodos foram arrebentadas (Foto: Cleber Gellio)As portas de todos os cômodos foram arrebentadas (Foto: Cleber Gellio)

Objetos da família foram levados. Videogame , TV de LCD, rádio, notebook e uma câmera fotográfica profissional, “além do material de pesca que veio do Japão”, emendou Elza.

Na tarde de hoje, a família convocou um “mutirão” de amigos para terminar de fazer a mudança. “É difícil ver esse cenário de horror: a casa revirada. Só com apoio dos amigos”, disse.

“Penso até em vender a casa para me livrar dessa situação”, concluiu Japonês.

Corretor de imóveis foi baleado na Rua Amazonas após discussão entre "vizinhos"
O corretor de imóveis José Eduardo Borges Daniel, 42 anos, pode ter sido baleado na madrugada de hoje (19), na frente da casa em que mora, no cruzame...
Homem de 42 anos é baleado em frente de casa na Rua Amazonas
Um homem de 42 anos foi baleado por volta das 5h da manhã desta quarta-feira (19), em frente de casa na Rua Amazonas com a Rua 13 de Maio, no Bairro ...


Agora voce veja bem, a policia não pega, ninguem pode fazer nada, tem que sair atirando mesmo oras, chega uma hora que voce cansa da impunidade e do prejuizo, tinha que eletrificar o muro ou a cerca da casa e deixar o ladrão morrer torrado, pior que daí é capaz do japones ser preso por matar o v...
 
maximiliano rodrigo antonio nahas em 26/02/2014 17:56:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions