A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Janeiro de 2019

28/10/2011 20:24

Após colisão com Chevette, caminhonete capota duas vezes

Paulo Fernandes e Ana Paula Carvalho
Chevette invadiu a preferencial e provocou acidente com caminhonete (Foto: Pedro Peralta)Chevette invadiu a preferencial e provocou acidente com caminhonete (Foto: Pedro Peralta)
Óleo na pista: bombeiros jogaram terra para evitar novos acidentes (Foto: Pedro Peralta)Óleo na pista: bombeiros jogaram terra para evitar novos acidentes (Foto: Pedro Peralta)

Uma caminhonete Hilux capotou duas vezes nesta sexta-feira após ser atingida por um carro Chevette na rua Tonico de Carvalho com a rua Orfeu, no bairro Amambaí, em Campo Grande.

O motorista do carro, Valfrido Gonçalves, de 47 anos, disse não ter visto a placa Pare e que, depois, o freio não funcionou por se tratar de um “carro velho”.

O Chevette descia a rua Tonico de Carvalho e ia atravessar a Orfeu, que é preferencial, quando colidiu contra uma das rodas traseiras da caminhonete Hilux, provocando o capotamento.

A Hilux seguia pela rua Orfeu Baís. No volante estava Benedito Ézio Damasceno, de 74 anos, que foi levado ao Prontomed da Santa Casa com ferimento na cabeça. Já o condutor do carro não sofreu nenhum ferimento.

Após o acidente, a caminhonete passou a vazar óleo diesel na pista. Para evitar novos acidentes, bombeiros jogaram terra para evitar derrapagens.

A dona de casa Monica Luzia Ferreira Bernal, de 41 anos, explica que o cruzamento das ruas Tonico de Carvalho e Orfeu é muito perigoso. “Direto tem acidente”, afirma.

Segundo o motorista de ônibus Wanderley Oliveira, 59, o maior problema é o desrespeito à sinalização, tanto naquele cruzamento como no da rua Tonico de Carvalho com a avenida Ernesto Geisel.

“Todos passam sem parar, principalmente os motociclistas. Não adianta nada aquela placa de Pare”, afirmou.

A aposentada Nilza Assato, 63, contou que, por conta do desrespeito dos motoristas, todo mundo já sabia que em algum momento aconteceria um acidente mais grave no local.

Homem sobre o efeito de drogas é encontrado esfaqueado em rua do Guanadi
Um rapaz, de 25 anos, foi parar na Santa Casa de Campo Grande depois de ser esfaqueado na Rua Jussara, no Bairro Guanandi por volta das 22h desta sex...
Dupla é presa ao ser flagrada pichando pista de skate da Orla Morena
Dois jovens, ambos de 21 anos, foram parar na delegacia na tarde desta sexta-feira (18) ao serem flagrados com droga e pichando a pista de skate da O...


É prá acabar essas desculpas TOLAS...a árvore encobriu a placa de PARE, não tinha sinalização, a placa estava quebrada...e por ai vai. Mas o que foi fazer na AUTO ESCOLA, que não aprendeu como proceder, mediante situações como citadas acima???
CADÊ!!! a direção defensiva??? nada justifica essas respostas...
Falta EDUCAÇÃO, RESPEITO a vida, CONSCIÊNCIA no TRÂNSITO...e esta dificil aprender,rs,rs,rs
 
neyde de oliveira em 29/10/2011 10:27:23
As pessoas têm pressa para chegar ao trabalho, a escola, a um encontro, na tentiva de se adiantar ou recuperar minutos perdidos, podem perder a vida toda que teriam pela frente, nunca chegarão a bater o ponto na empresa, responder a chamada na escola nem encontrar uma pessoa a quem diz amar tanto. Ame-se, respeite-se fazendo isso por você automaticamente fará para os outros.
 
SILIVIO SOUSA em 29/10/2011 09:55:51
esse acidente foi na esquina da rua onde eu moro. algumas pessoas não respeitam a placa de PARE que la existe. Um dia eu quase bati em um motoqueiro q roletou a rua pois a Orpheu Bais e preferencial e ele cruzou numa rapidez sem olhar.
 
Laura Daiany VAsconcelos Silva em 29/10/2011 08:18:54
Como sempre as pessoas esquecem ou dizem não ver as placas de sinalização,mais espera ai cade a teoria que aprenderam qdo tiraram suas carteira de habilitação, o que falta realmente é as pessoas se conscientizarem e respeitarem mais as suas vidas e dos outros.
 
lisiane barreto fóss em 28/10/2011 08:45:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions