A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Janeiro de 2018

29/06/2016 20:49

Após dias "sumido", Bernal reaparece em praça para sortear apartamentos

Nyelder Rodrigues e Michel Faustino
Sorteio foi comandado pelo prefeito em palanque montando na Praça do RádioSorteio foi comandado pelo prefeito em palanque montando na Praça do Rádio
Cerca de 500 pessoas acompanharam o sorteio (Fotos: Alcides Neto)Cerca de 500 pessoas acompanharam o sorteio (Fotos: Alcides Neto)

O prefeito Alcides Bernal (PP), que ficou vários dias sem cumprir agenda externa em Campo Grande, reapareceu ao público para comandar, na noite desta quarta-feira (29), o sorteio de 272 apartamentos do programa Minha Casa Minha Vida. As moradias são do Condomínio Residencial Canguru, localizado no bairro de mesmo nome.

O local do sorteio é a Praça do Rádio Clube, que fica na avenida Afonso Pena, entre as ruas Pedro Celestino e Padre João Crippa, Centro da Capital. Cerca de 500 pessoas cadastradas na Emha (Agência Municipal de Habitação de Campo Grande) foram pré-selecionadas e foram para a praça, onde a prefeitura montou a estrutura.

"Ser selecionada me traz esperança. Acredito que vou conseguir a casa e que isso vai mudar a perspectiva de vida que tenho hoje, já que estou em um local insalubre. Vai ser uma melhoria em minha vida, tendo casa própria e mais perto de escolas", conta a dona de casa Edilene batista Alexandro, de 32 anos, uma das selecionadas.

Ela é uma das 272 pessoas contempladas no sorteio e que agora vão passar por mais uma "peneira" com entrega de documentos na Emha para verificar se de fato a pessoa está apta a receber a moradia. Também haverá uma análise feita pelo Banco do Brasil para saber se o financiamento é aprovado.

Entre os contemplados, há cotas reservadas para determinadas situações. São 45 para pessoas em área de risco - como é o caso de Edilene, que mora na favela Cidade dos Anjos, no Jardim das Hortênsias -, 10 para portadores de necessidades especiais e 11 para idosos. A prefeitura espera entregar definitivamente as chaves até o fim do ano.

"O objetivo é acabar com os privilégios e evitar que pessoas que realmente precisam dessas casas não sejam contemplados. Esse sorteio garante a lisura e transparência do processo de escolha do beneficiado", resumiu Bernal em sua fala no palanque montado na praça, com o sorteio feito em um notebook, com a tela projetada em um telão.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions