A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

13/10/2015 09:14

Após frio, calor volta e temperatura pode chegar a 42ºC em regiões de MS

Flávia Lima
Capital pode registrar máxima de 35ºC na sexta-feira. (Foto:Arquivo/Gerson Walber)Capital pode registrar máxima de 35ºC na sexta-feira. (Foto:Arquivo/Gerson Walber)

Após um feriado chuvoso e de baixas temperaturas, quando os termômetros marcaram 13ºC na madrugada de domingo e sensação térmica de 10º, a expectativa é que as temperaturas voltem a ficar em elevação, registrando máxima de até 40ºC no norte, oeste e nordeste de Mato Grosso do Sul. Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a temperatura pode chegar a 42ºC nas três regiões.

De acordo com o meteorologista da Uniderp, Natálio Abrão, as mudanças no clima já poderão ser observadas na tarde desta terça-feira (13). Apesar do tempo ter amanhecido parcialmente nublado em todas as regiões, a tendência é que a frente fria se afaste e os ventos voltam a mudar de direção transportando um ar mais quente. À tarde fará mais calor e por conta da umidade no ar, há o risco de pancadas de chuva.

A partir desta quarta-feira (14) o calor volta a predominar de forma efetiva até o final da semana. Apesar de começar parcialmente nublado, com previsão de pancadas de chuva e trovoadas no nordeste e sudoeste do Estado, a máxima deve chegar a 39ºC nessas regiões e 33ºC na Capital. Já a mínima fica entre 21ºC em Campo Grande e 17º no extremo sul do Estado.

Na quinta-feira (15) uma massa de ar seco volta a atuar em grande parte do Centro-Oeste. O sol brilha forte e faz calor, mas há previsão de pancadas de chuvas isoladas ate sexta-feira (16).

Segundo Natálio Abrão, em Campo Grande os termômetros devem marcar 35ºC. Mesmo com as altas temperaturas, as áreas de instabilidades voltam a atuar devido a uma nova frente fria que chega entre sexta-feira e sábado (17).

No sul de Mato Grosso do Sul muitas nuvens se formam e chove a qualquer hora do dia. No entanto, o meteorologista afirma que as chuvas e trovoadas não irão baixar as temperaturas.

A instabilidade climática, que trouxe frio durante o feriado é considerada normal para o período é uma das características dessa fase de transição entre inverno e primavera, que deve durar, pelo menos, até o dia 20. “A partir desse dia só teremos calor e tempo estável”, diz o meteorologista.

Ele lembra que essa instabilidade pode provocar tanto frio quanto calor extremo, como ocorreu em outubro do ano passado.

Quanto às chuvas, Natálio Abrão diz que o volume foi baixo durante o feriado prolongado. Entre sábado e domingo choveu apenas 8 milímetros na Capital. Nesta segunda-feira a estação meteorológica da Uniderp registrou 1 milímetros de chuva.

No total, do dia 1º de outubro até dia 12, choveu na Capital 19 milímetros. O esperado para o período é 140 milímetros.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions