A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

27/02/2016 14:07

Após quatro dias de espera, mães têm parto natural de bebês mortos

Renata Volpe Haddad
Cleide estava grávida de 37 semanas, quando na terça-feira (23) descobriu que o coração do bebê não batia mais. (Foto: Reprodução/ Facebook)Cleide estava grávida de 37 semanas, quando na terça-feira (23) descobriu que o coração do bebê não batia mais. (Foto: Reprodução/ Facebook)

Cleide Bento Moreira, 34 e Minéia de Souza Bento, 43, que estavam na Santa Casa de Campo Grande esperando parto para retirada de bebês mortos desde quarta-feira (26) tem previsão de alta para este domingo (28).

Em nota, a Santa Casa informou que as mulheres fizeram o trabalho de parto natural, conforme previsto e prescrito pelo Ministério da Saúde, ao qual os médicos devem seguir que é de até quatro a cinco semanas após a morte fetal.

De acordo com a Santa Casa, Cleide Bento Moreira respondeu à medicação durante a noite de ontem (26) e concluiu o trabalho de expulsão do feto às 0h de sexta-feira.

Minéia de Souza Bento também respondeu à medicação e entrou em trabalho de parto esta manhã (27), finalizando às 8h15.

O obstetra Leonildo Herrero, que acompanhou as mulheres, informa que as mesmas estão em excelente condição clínica, e com previsão de alta para a próxima manhã (28), portanto livres de restrições e riscos inerentes às cirurgias invasivas realizadas à base de potentes anestésicos.

Casos - Cleide esperava pela chegada do primeiro filho, Gustavo, mas na última terça-feira (23) ela passou por uma consulta de rotina na Santa Casa – onde fazia pré-natal –, quando recebeu a informação de que o coração do bebê não batia mais. Cleide estava grávida de 37 semanas e está na Santa Casa desde quarta-feira (26).

Minéia de Souza Bento, que já é mãe de outras quatro crianças e esperava por Milena, estava com 34 semanas de gestação e em uma consulta de rotina na UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) do Jardim Aeroporto, foi informada que o coração do bebê não batia mais. Ela também estava esperando o parto desde quarta-feira.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions