A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

10/06/2011 09:53

Após sequestro, jovem é assassinado com cinco tiros na Capital

Francisco Júnior

Dois sequestradores já foram identificados pela polícia

Éden da Silva Larrea, 23 anos, foi morto com pelo menos cinco tiros à queima roupa por volta das 18h30 de ontem, na BR-262, em Campo Grande, a três quilômetros do anel viário na saída para Sidrolândia.

O jovem foi assassinado depois de ser mantido em cárcere privado por quatro dias em uma residência na região do bairro Coophavilla.

O crime foi descoberto depois que um amigo da vítima, um homem de 30 anos, que também estava em poder dos sequestradores, conseguiu escapar e acionou a Polícia Militar.

Em depoimento na delegacia, o rapaz relatou que foi sequestrado junto com Éden na segunda-feira (06) e que permaneceu no cativeiro até o início da noite de ontem, quando os dois foram colocados no porta-malas de um carro prata e levados para um matagal próximo da rodovia.

Lá, conforme relato da vítima, eles foram retirados do veículo. Em seguida, Éden foi atingido com vários disparos: dois tiros acertaram as costas e três a cabeça.

O rapaz afirma que conseguiu escapar depois que a arma de um dos homens falhou. Ele disse que correu e conseguiu se esconder dos autores. Horas depois, por volta da 22h15, relata que procurou ajuda em um mercado no bairro Caiobá. A polícia militar foi acionada.

A vítima levou os policiais até o matagal onde aconteceu o homicídio. O corpo de Éden foi encontrado no local.

A polícia civil suspeita que o crime tenha sido motivado por vingança. Na delegacia, o rapaz disse que um dos seqüestradores foi baleado por Éden no dia 22 de maio deste ano, no bairro Cidade Morena. Na época, a bala atingiu o pescoço e transfixou o ombro do seqüestrador.

Além dele, outro suspeito do crime já foi identificado.

Como havia um mandado de prisão em aberto por não pagamento de pensão alimentícia, o rapaz que sobreviveu a tentativa de homicídio acabou preso depois de prestar depoimento.

A ocorrência foi registrada na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), mas o caso será investigado pela Delegacia de Homicídios.

Polícia faz diligências à procura de suspeitos que executaram jovem na Capital
Policia identificou dois suspeitosPoliciais civis estão realizando diligências neste momento em Campo Grande a procura dos suspeitos envolvidos com ...
Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


Todos os envolvidos têm desvio de conduta e caráter duvidoso: tentativa de homicídio, não pagamento de pensão alimentícia devida para filhos. Aliás, essa estória contada pelo "sobrevivente" está mal contada: revólver falhou, após cinco disparos.....conseguiu escapar.....correr.....se esconder.....!!!!!. Hummmmm, sei não!!!!!.
 
João Vitor em 10/06/2011 12:14:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions