ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Após tombar caminhão, motorista reprova no bafômetro e é preso por embriaguez

Teste mostrou que o caminhoneiro havia ingerido mais que o dobro de álcool do limite que define quem vai preso

Por Anahi Zurutuza | 14/06/2021 10:31
Momento em que caminhoneiro de (boné preto ao fundo) foi preso (Foto: Direto das Ruas)
Momento em que caminhoneiro de (boné preto ao fundo) foi preso (Foto: Direto das Ruas)

Caminhoneiro de 32 anos foi preso depois de acidente com carreta que tombou na BR-163, próximo à entrada dos condomínios Damha. Ao passar pelo teste do bafômetro, o equipamento constatou que o motorista estava sob efeito de 0,78 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões, mais do que o dobro do limite que define quem vai preso ou é somente autuado – 0,30 miligramas.

O motorista saía de Campo Grande para o Rio Grande do Sul com a carga de 31 toneladas em garrafas de óleo de cozinha. Ele teria perdido o controle da direção, atingido o guard-rail e ainda andado por 50 metros até tombar.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

O caminhoneiro não quis falar com a reportagem, mas o chefe dele, que não se quis revelar o nome, informou apenas o condutor estava bem, só nervoso pelo acontecido. Ele estava sozinho no veículo e dispensou atendimento médico.

O caminhão ficou atravessado em duas pistas, causando transito lento no local, porque motoristas que estão em direção à Capital precisam fazer desvio. A CCR MSVia está no local para orientar o trânsito. Pó de serra foi jogado na pista para evitar acidentes com o óleo derramado.

Motorista conversa com o patrão, depois de acidente na manhã de hoje. (Foto: Marcos Maluf)
Motorista conversa com o patrão, depois de acidente na manhã de hoje. (Foto: Marcos Maluf)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário