A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

05/03/2015 07:13

Após traição, rapaz ignora 8 radares, corre a 200 km/h e bate em viatura

Ricardo Campos Jr. e Renan Nucci
Veículo usado pelo rapaz era do pai dele e foi comprado há cinco dias (Foto: Marcos Ermínio)Veículo usado pelo rapaz era do pai dele e foi comprado há cinco dias (Foto: Marcos Ermínio)
Policiais tiveram que atirar no veículo para barrar o suspeito (Foto: Marcos Ermínio)Policiais tiveram que atirar no veículo para barrar o suspeito (Foto: Marcos Ermínio)

Um jovem de 19 anos teve um acesso de fúria na madrugada desta quinta-feira (5), segundo ele, ao descobrir que havia sido traído pela namorada. Embriagado, andou em alta velocidade pelas ruas de Campo Grande, passou acima do limite em oito radares, furou barreiras policiais, foi perseguido por 30 minutos, jogou o carro contra uma viatura do 1º Batalhão da PM (Polícia Militar) e só parou quando a corporação atirou contra o pneu traseiro, fazendo com que ele perdesse o controle da direção. Somadas todas as infrações cometidas, ele vai receber no mínimo R$ 12 mil em multas, além de responder criminalmente.

O caso começou próximo ao aeroporto da capital. Uma equipe da PM retornava de um atendimento na Casa da Mulher Brasileira quando escutou barulho de som alto, por volta das 02h30. O rapaz estava em frente a um posto de combustíveis próximo à Base Aérea. Ele ignorou a ordem de parada e começou a fuga rumo à BR-262.

Conforme a PM, ele alcançou os 200 quilômetros por hora na avenida Duque de Caxias. “O condutor foi extremamente imprudente, porque colocou em risco a vida dele, dos pedestres e, em terceiro lugar, a vida da polícia”, disse o soldado da PM Carlos Roledo Júnior.

Não havia obstáculos capazes de segurar o motorista. Ele “rampou” em todos os quebra-molas que tinha pela frente. Quando seguiu pela rodovia em direção a Terenos, uma equipe da PM local foi acionada para dar suporte e montar um bloqueio, mas ele não foi contido. O autor seguiu percurso e furou uma barreira da PRF (Polícia Rodoviária Federal). 

A equipe do 1º Batalhão se aproximou, mas o jovem atirou o carro contra a viatura por três vezes. Na terceira, os policiais efetuaram disparos de arma de fogo contra o pneu traseiro do lado esquerdo, fazendo com que o veículo perdesse estabilidade e parasse.

Após ser preso, ele relatou que estava tentando se matar por conta da traição sofrida. Teste do bafômetro resultou em 0,65 mg de álcool por litro de ar alveolar. Ele vai responder por direção perigosa, conduzir sem CNH, furar barreira policial, forçar ultrapassagem e desobediência. Ficará a cargo da Polícia Civil indiciá-lo por tentativa de homicídio por ter jogado o carro contra os policiais.

O carro pertence ao pai do autor e havia sido comprado há cinco dias. Ele foi encaminhado à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.



além de corno é um trouxa colocando a vida das pessoas em risco...coitado do pai que vai assumir o fumo
 
sinue em 05/03/2015 11:09:49
Tadinho dele a namoradinha traiu ele?? kkkk ele queria se matar??
invés de por as vidas de outros em perigo correndo a 200 km/h
porque não tentou se matar de outra maneira??agora pague na cadeia. e a namoradinha solteirinha com o namoradinho atual. kkk
 
debora em 05/03/2015 10:57:05
Não se preocupa não rapaz. Amanhã você estará solto e livre para fazer tudo de novo. Azar de quem estiver pela frente, afinal a vida de outras pessoas não vale nada mesmo, a lei te protege. Vai fundo!
 
Barbarossa em 05/03/2015 09:04:47
Parabéns pelo trabalho !!! PM e PRF!!!
 
Rodrigo em 05/03/2015 08:45:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions