ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, DOMINGO  20    CAMPO GRANDE 13º

Capital

Após UTI lotada, Unimed tem fila de espera para pacientes com covid

Hospital suspendeu visitas na quarta-feira após todos os leitos de UTI covid serem ocupados

Por Ana Paula Chuva | 27/11/2020 13:33
Hospital Unimed em Campo Grande. (Foto: Kisiê Ainoã | Arquivo)
Hospital Unimed em Campo Grande. (Foto: Kisiê Ainoã | Arquivo)

Depois dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Covid serem ocupados 100% na quarta-feira (25), leitores dizem que o Hospital Unimed agora está com fila de espera para pacientes diagnosticados com a doença e precisam de internação urgente. Segundo o neto de uma paciente, no início desta tarde ao menos 10 pessoas estão na enfermaria da unidade hospitalar.

A denúncia chegou ao Campo Grande News via canal Direto das Ruas. Um leitor, 37 anos, está tentando internar sua avó, que foi diagnosticada com covid-19 há 4 dias e está desde às 7h30 no hospital.

“Minha avó tem 78 anos, é grupo de risco, tem diabetes, precisa internar com urgência. Ela é a 10ª pessoa na fila esperando vaga. Criaram um setor na enfermaria e estão tentando tratar ela, mas não tem a aparelhagem que precisa”, disse o corretor de imóveis que prefere não se identificar.

 Segundo ele, há quatro dias a avó está indo e voltando do hospital, mas hoje apresentou piora e muita falta de ar, então a família decidiu levá-la para a internação. Além de fazer parte do grupo de risco por ser idosa, ela também tem diabetes e a família está muito preocupada com a situação.

“Meu pai está intubado, meu avô na UTI e agora minha avó precisando de internação. Isso não está acontecendo só aqui, é um colapso. Vai começar a morrer todo mundo e a gente vai ficar olhando”, desabafou.

Ao Campo Grande News, a Unimed Campo Grande informou que não reconhece a falta de leitos UTI e que não há registro de lotação no hospital nesta sexta, mas não descarta a abertura de novos leitos , caso seja necessário para atender seus beneficiários.

"A cooperativa médica segue fazendo um alerta à população para que mantenha o distanciamento social, a higiene adequada das mãos e o uso de máscaras, medidas fundamentais de cuidado e prevenção amplamente divulgadas pela singular desde o início da pandemia da Covid-19.", disse em nota.

Visitas suspensas – Na quarta-feira (25) o Hospital Unimed anunciou a suspensão das visitas. A decisão foi tomada porque todos os 30 leitos de UTI destinados a pacientes com covid-19 estavam ocupados.

O hospital informou ainda, que para manter familiares informados sobre pacientes internados, uma equipe exclusiva atualizará os solicitantes sobre o quadro de saúde de internados, diariamente.

Dados resumidos do boletim hoje. (Foto: Reprodução | SES)
Dados resumidos do boletim hoje. (Foto: Reprodução | SES)

Boletim – Conforme o boletim epidemiológico da covid-19 de hoje, foram registrados traz 528 novos casos e seis mortes pela doença em Mato Grosso do Sul, nas últimas 24 horas. Com isso, o Estado chega a 95.721 casos confirmados e 1.754 óbitos desde o início da pandemia.

Além disso, no Estado, são 8.576 pessoas em isolamento domiciliar e 406 pessoas estão internadas, sendo que deste total 236 estão em leitos clínicos (128 na rede pública e 108 na rede privada), além disso 170 estão em leitos de UTI (sendo 99 na rede pública e 71 na rede privada). Além disso, 84.985 pessoas estão recuperadas.

Em Campo Grande foram confirmados 245 novos casos e três óbitos por covid-19. Ontem a Capital voltou para a bandeira vermelha.

*Matéria atualizada às 14h21 para acréscimo de resposta. 

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário