ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 10º

Capital

Arma de homem morto em confronto com a PM tinha número de facção

Por Viviane Oliveira | 29/01/2017 15:40
Moto apreendia tinha registro de furto (Foto: Amanda Fogo)
Moto apreendia tinha registro de furto (Foto: Amanda Fogo)

A arma que foi encontrada com Aguinaldo Ricaldi Sanches, 19 anos, morto durante confronto com policiais do Batalhão de Choque, na madrugada de hoje (29), em Campo Grande, tinha gravado o número de uma facção criminosa.

Segundo policiais, o revólver tinha o registro 1533, que representa a siga PCC, (P é a 15ª letra do alfabeto, enquanto o C é a 3ª, formando o código. 

A Polícia Militar fazia rondas no Jardim Noroeste, quando encontrou uma motocicleta com placa dobrada em frente à residência, na rua das Perdizes. Ao consultar o número no sistema da polícia foi constatado que a moto Honda CG Titan, de cor azul, havia sido furtada na quinta-feira (26).

Os policiais, então, entram no imóvel e ao se aproximarem da porta da cozinha, que ainda estava fechada, foram surpreendidos a tiros e revidaram. Aguinaldo foi atingido na região torácica e socorrido pelos próprios policiais à Santa Casa, onde já chegou morto.

Com o rapaz, foram encontradas porções de cocaína e maconha. A pistola .40 do policial que fez os disparos assim como a arma utilizada pelo rapaz, foram entregues a Polícia Civil.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário