A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

23/07/2018 14:50

Árvores do Cerrado serão plantadas em trecho revitalizado da 14 de Julho

Jacarandás e ipês serão plantados em trechos da via; opção é por árvores adultas e com cerca de cinco metros de altura

Humberto Marques
Projeto visual inclui jacarandás no paisagismo na região da praça Ary Coelho. (Imagem: Divulgação)Projeto visual inclui jacarandás no paisagismo na região da praça Ary Coelho. (Imagem: Divulgação)

A equipe que coordena o paisagismo do projeto Reviva Campo Grande se reuniu nesta segunda-feira (23) para discutir detalhes do projeto que vai repaginar a rua 14 de Julho. O grupo confirmou que o paisagismo contará com árvores do Cerrado, como jacarandá e ipê, escolhidas por sua resistência e características específicas.

Conforme a assessoria da prefeitura, o projeto de arborização prioriza o conforto térmico e ambiental, bem como a qualidade de vida da população por conta da redução das poluições sonora e atmosférica, resfriamento por sombreamento e estética agradável.

Indo ao encontro do projeto de infraestrutura, optou-se por árvores de médio e grande portes, arbustos e plantas, algumas nativas do Cerrado. As espécies escolhidas são resistentes a insetos e micro-organismos. No caso do jacarandá e do ipê, há ainda resistência a vento, seca e outras intempéries.

A quadra da praça Ary Coelho receberá exemplares de Jacarandá Mimoso, com flores em tom azul que desabrocham entre setembro e dezembro. Entre as ruas 15 de Novembro e 7 de Setembro, a opção é de ipês brancos, que florescem em maio. As árvores serão implantadas já adultas, tendo no mínimo cinco metros de altura.

O paisagismo será uma das últimas fases do Reviva Campo Grande, depois da retirada das redes aéreas de telefonia e energia elétrica. O grupo de trabalho é formado por Maria Teresa Corrêa, arquiteta paisagista e autora do projeto; Gisseli Giraldelli e Orsival Simões Júnior, da gerência de Áreas Verdes da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana), além de consultores do programa.

No momento, a revitalização da área central de Campo Grande envolve a substituição e implantação de redes de drenagem e esgoto, com fechamento de trechos da via para o tráfego de veículos –como entre as ruas Cândido Mariano e Maracaju e da avenida Fernando Corrêa da Costa à rua 26 de Agosto. O acesso de pedestres, porém, foi mantido.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions