A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

27/07/2011 14:55

Assaltantes invadem residência, atiram em jovem e fogem com cofre

Nadyenka Castro

Roubo foi na Vila Santa Dorotheia

Assaltantes invadiram uma residência localizada na Vila Santa Dorotheia, em Campo Grande, em plena manhã desta quarta-feira, atiraram em uma das vítimas e fugiram com um cofre.

A primeira pessoa a ser rendida foi a funcionária da casa, de 43 anos, quando chegava para trabalhar, ás 6h45min.

Ela foi abordada por um bandido com revólver quando tentava fechar o portão, o qual não funcionou com o controle remoto. Outros dois assaltantes, também com armas de fogo, já estavam no quintal.

O ladrão que rendeu a trabalhadora a questionou sobre quantas pessoas havia na casa, tendo ela respondido que três. Em seguida, foi segurada pelos cabelos e com uma arma de fogo apontada para sua cabeça, foi levada para o interior da residência.

Os bandidos tentaram abrir a porta do quarto do jovem de 23 anos, mas estava trancada e então pediram que a mulher o chamasse. Ela obedeceu e quando o rapaz foi abordado, entrou em briga com os assaltantes e foi ferido na nuca por um tiro de raspão.

A dona da casa, de 55 anos, foi rendida em seguida, assim como o marido, de 62 anos, o qual também brigou com os autores, mas parou com a reação quando a esposa o alertou que seu filho estava no corredor sob a mira de um revólver, junto com a funcionária.

Os autores perguntavam pelo cofre e um deles fez uma ligação do próprio celular e, de acordo com relato da vítima, dizia: “Onde está mina, não tem nada aqui mina?”

O homem então mostrou onde estava o cofre, mas como a esposa não conseguia abrir, os bandidos levaram o objeto fechado mesmo.

Eles colocaram o cofre no Vectra da dona da casa e fugiram com o veículo. Roubaram ainda joias, celulares e documentos pessoais.

Nenhum suspeito foi preso.

Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...
Crianças do Vespasiano Martins recebem Papai Noel e ganham presentes
As crianças do loteamento Vespasiano Martins, na periferia de Campo Grande, receberam a visita especial do Papai Noel neste sábado (16). Foram distri...


Não se espantem se daqui a pouco, um bandido ir a uma delegacia e registrar um BO, pedindo o indiciamento da vítima por ter reagido a um assalto e arranhado seu rosto ou coisa parecida. Um policial já nem pode reagir que é inciado por ter cumprido seu dever.
Também não de espantem se estes caras devolverem o cofre da vítima para ele colocar mais grana dentro, para daqui a um mês ou dois eles voltarem...... Tudo é possível no Brasil onde a lei só vale para os honestos; que Deus nos ajude, pois os político não o farão.
 
Gilberto Ozuna em 28/07/2011 12:07:37
Gente do céu, vamos ter que fazer alguma coisa né....porque a coisa ta feia.....
pena de morte já.....acho que só assim p/dá uma manerada na bandidagem....
 
Rosangela Carvalho em 28/07/2011 08:58:19
Ok, é o tal negócio, se um policial visse o fato e fosse reagir, matando o marginal, ou marginais, teria que responder pelo ato, agora e se o marginal matar o policial, será que dá tanto disse me disse? Todos nós sabemos que o caso do Cabo da PM., que reagiu ao assalto no supermercado estava no estrito dever de suas funções, mas aconteceu o que aconteceu, obrigado pela excelente iniciativa, agora o policial que reagir a qualquer assalto, ou coisa parecida poderá responder na justiça, mas é assim mesmo, afinal a justiça aquí na Terra é falha, mas divina um dia virá, graças à Deus! E será fatal, aguardem!
 
Paulo Cesar em 28/07/2011 04:16:37
É um absurdo estas "ações" marginais estarem virando rotina não só em nossa cidade como também em nosso país.... a população brasileira não pode se conformar com notícias como essas e achar que isso esta ficando NORMAL acontecer.

Ao invéz das autoridades estarem preocupadas com obras para Copa e Olimpíadas, poderiam muito bem estar estudando e investindo em meios de melhorar a segurando de nossa população.

Enfim... fico indignado ao ver notícias como essas e saber que não vai dar em nada no final das contas.
 
Marcelo Barbosa em 28/07/2011 01:05:50
fico cada dia mais preocupado com a segurança. hoje dois bandidos ainda muleques tentaram roubar o carro de um amigo meu dentro da casa dele enquanto ele entrava guardando o veiculo. ainda deram varios disparos um atingindo o braço dele. até quando vai ficar assim? quando vamos ver esses meliantes presos?
 
Amilton Assis em 27/07/2011 11:46:36
Parabens aos nossos parlamentares, que mudaram a lei para beneficiar ainda mais os marginais, que tem três refeições por dia, visitas as quartas e domingos, advogado toda hora enchendo a paciência dos agentes penitenciários. E o povo coitado, e que realmente está preso a essa nossa lei feita por dementes.
 
JOÃO DE PAULA CELIDONIO em 27/07/2011 10:37:45
sou nascido e criado aqui em C.G, mas não é mais a CG. de anos anteriores, agente não tem mais segurança, uma gande parte das pessoas já tem medo de sair de casa a noite, essa Lei do menor de idade está contribuindo para o crescimento de novos bandidos ta geral, mas aqui de uns tempo para cá pioroou muito, concordo com o Nilton Sabino e quando um policial manda um delinquente, vagabundo para um lugar da onde ele nunca deveria sair, ainda fica sujeito a ser processado, só quem pode sair hoje meio tranquilo á noite são só os policiais que podem portar uma arma, ou o proprio bandido.
 
hilibio junior em 27/07/2011 09:17:30
Adriel, concordo plenamente com vc só uma ressalva além de soltar os menores vão ter que dar uma de motorista particular levando-os em casa. Duvido e pago para ver se vai acontecer algo com eles, primeiro que se estiver menor envolvido tem um promotor que chega primeiro que a reportagem e ainda briga com os fotografos que ousar tirar fotos dos anjinhos e depois com a nova lei eles não ficam mais presos respondem em liberdade mais uma coisa será que os direitos humanos foram na casa da vitima para ver se o rapaz que levou um tiro esta bem??? Dúvido. Saudades do Cel. Adib, época boa aquela e se fosse hoje menores estariam na escola e maiores na companhia do capeta.
 
Ruymar Douglas em 27/07/2011 05:13:00
e quando tem um policial militar,civil ou federal nas imediacoes e reagir ao ato delituoso dos marginais,e matar ou balear um deles e capaz de ser indiciado e o estado ainda e processado para pagar indenizacao.
 
nilton sabino em 27/07/2011 05:03:22
A pergunta que não quer calar: como eles sabiam que existia um cofre na casa???????
 
andrea chaves em 27/07/2011 04:54:24
karacá, da até para entrar em pânico lendo essa história, se vc ler como um fato policial nem tanto, mas se vc ler como fato verídico que é, é assustador. Bom ai vai a questão! se vc é morto dentro de sua casa por um bandido o que acontece? "NADA!!!!!!", e se vc no calor da loucura mata um infeliz desse dentro de sua casa o que acontece. HÃ.
 
jose carlos em 27/07/2011 04:21:01
REALMENTE campo grande esta crescendo e a bandidagen crescendo junto mais um ataque as residencias ,agora eles querem fazer a campanha do desarmamento ,pra que..., pra invadirem a minha casa e saberem que nao tem nada com que se preocupar ,vamos primeiro desarmar os bandidos .
 
Vitor Hugo em 27/07/2011 04:16:26
Não temos mais segurança nem em casa mesmo,e saber que quando a policia pegar os Bandidos,com certeza vai ter menores envolvidos,e o pior a policia vai ter dois trabalhos,de prender os "menores infratores" e de solta-los ,em seguida..
 
adriel peres em 27/07/2011 03:44:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions