A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

24/06/2011 17:55

Associação Beneficente questiona nomeação da nova administração da Santa Casa

Ana Paula Carvalho
ABCG vai quastionar nomeção de nova Junta Interventora da Santa Casa.ABCG vai quastionar nomeção de nova Junta Interventora da Santa Casa.

A assessoria jurídica da Associação Beneficente de Campo Grande (ABCG), mantenedora e proprietária da Santa Casa vai questionar na justiça a legitimidade das nomeações dos novos membros da Junta Interventora do maior hospital do Estado.

Segundo a assessoria da ABCG, por se tratar de uma intervenção judicial, a nomeação teria antes que passar pelo juiz responsável pelo processo, Amauri Kuklinsky e, isso não teria acontecido. Para a associação, tudo que for feito pela nova junta é nulo.

O questionamento será feito na próxima segunda-feira ao procurador-geral de Justiça do Ministério Público Estadual, Paulo Alberto de Oliveira.

O presidente da ABCG, Wilson Telesco, afirmou que eles também vão denunciar a situação ao Ministério Público Federal e do Trabalho. Segundo ele, os poderes executivos municipal e estadual, não tem legitimidade para promover as nomeações.

Tedesco também criticou o Plano Operativo do hospital, apresentado na última quarta-feira (22) ao Ministério Público Federal, Estadual e do Trabalho. Para ele, o plano deveria ter sido apresentado desde o começo da intervenção.

Issam Moussa foi eleito para presidente da Junta. Para a gestão compartilhada também foram nomeados Antonio Lastória e Nilo Sérgio Laureano Leme.



O propósito desta intervenção é outro: chantagear os novos interventores para pagarem os honorários ilícitos e indevidos dos advogados Esacheu Nascimento e Carmelino Rezende.
 
Creginaldo C. de Castro em 24/06/2011 06:48:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions