A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

21/06/2011 11:06

Publicada nomeação da nova junta e do 3º nome para gerir a Santa Casa

Vanda Escalante

Nesta quarta (22) deve ser apresentado o plano operativo do hospital até 2013.

O Diário Oficial do Estado desta terça-feira (21) traz a nomeação dos novos integrantes da “Junta Interventiva da Associação Beneficente de Campo Grande (Santa Casa) e desvenda o terceiro integrante do grupo, até então indefinido.

Ficou confirmada a presidência de Issan Moussa indicado pelo Prefeito Municipal de Campo Grande, com efeito a partir da data da publicação”.

Pelo “Decreto ‘P’ nº 2.473”, de 20 de junho de 2011, foram designados ainda como membros da Junta, para gestão compartilhada, osentistas Antonio Lastória e Nilo Sérgio Laureano Leme, funcionários da Secretaria Estadual de Saúde, indicados pelo governador do Estado.

Até agora, só o nome de Nilo Laureano não havia sido divulgado. Nilo Sérgio Laureano Leme tem 63 anos e foi secretário de Saúde em Corumbá (2009). Cirurgião dentista por formação, é funcionário público estadual há mais de 40 anos. Foi também Diretor Geral de Gestão Estratégica da Secretaria Estadual de Saúde e já exerceu a função de secretário municipal na cidade de Dourados.

Nesta quarta-feira (22), às 14 horas, a nova junta interventora apresentará ao Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal e do Ministério Público do Trabalho, o plano operativo do hospital até 2013, quando termina a intervenção judicial, além de relatar o que foi realizado em seis anos de gestão compartilhada entre Estado e Prefeitura.

(Com informações da Assessoria)

Governador avisa que não vai assinar TAC da Santa Casa com MPT
O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou que sempre foi contrário a intervenção na Santa Casa de Campo Grande e que não irá assinar nenhuma TAC. ...
Definidos novos gestores da Santa Casa, em substituição a Jorge Martins
Já está definida a sucessão de Jorge Martins no comando da Santa Casa de Campo Grande. Haverá uma gestão compartilhada, tendo à frente o médico Issam...


GERENCIAR A SANTA CASA, INDEPENDE DESSE OU AQUELE ADMINITRADOR, NAO BASTA ISSO. É INDISPENSAVEL TER FORÇA POLITICA, PQ SAUDE BASICA É RESPONSABILIDADE DE GOVERNANTES (ESTÁ NA CONSTITUIÇÃO). OUTRA SITUAÇÃO - AINDA ENVOLVENDO GORVENADOR E PREFEITOS - É QUE SE FAÇA UMA DETERMINAÇÃO - DAQUELAS ESTILO NELSINHO, OU MUDA OU SE MUDA - DE QUE SE CONSTRUA E INVISTA EM SAÚDE NAS CIDADES DO INTERIOR, QUE SEJAM EQUIPADAS IGUAIS OU MEHORES QUE A SANTA CASA, PQ SABEMOS QUE É BEM MAIS FACIL COMPRAR UMA AMBULANCIA E MANDAR DOENTES PARA A CAPITAL DO QUE CONTRUIR HOSPITAL ADEQUADOS AO ATENDIMENTO COMPLETO. PREFEITOS, NAO BASTA SER ELEITO, É PRECISO GOVERNAR COM CONSCIENCIA AOS SEUS ELEITORES E INFRAESTRURURA DA CIDADE. ISSO É TER CIDADANIA.
 
LUCIANO MARQUES em 21/06/2011 03:44:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions