A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

08/09/2014 16:45

Aulas em Ceinf depredado por vândalos estão suspensas até quinta

Michel Faustino
Aproximadamente 156 crianças ficarão sem aulas. (Foto: Farid Faed/PMCG)Aproximadamente 156 crianças ficarão sem aulas. (Foto: Farid Faed/PMCG)
TV foi destruída com a ação. (Foto: Farid Faed/PMCG)TV foi destruída com a ação. (Foto: Farid Faed/PMCG)

As aulas no Ceinf (Centro de Educação Infantil) Lili Fernandes da Cunha, localizado no Jardim Moema, alvo de duas crianças e um adolescente que cometeram atos de vandalismo na tarde de domingo (7) ficarão suspensas até quinta-feira (11). Ao todo, aproximadamente 156 crianças estão sendo prejudicas com o não funcionamento da unidade.

Apesar dos esforços da Semed (Secretaria Municipal de Educação), para tentar liberar a unidade o mais rápido possível, os estragos ainda estão sendo contabilizados. De acordo com a secretária municipal de educação, Ângela Brito, os alunos só poderão retornar as aulas na quinta-feira, devido ao processo de limpeza. Segundo ela, será necessário utilizar produtos tóxicos, como solventes para tintas, o que inviabilizaria o retorno imediato dos alunos.

“O nosso objetivo era retornar as aulas amanhã mesmo, mas infelizmente temos que fazer a retirada da tinta e pra isso é preciso usar o produto toxico. E não podemos deixar as crianças expostas a esse produto em um espaço curto de tempo”, disse.

Conforme contabilizou a Semed, os menores fizeram alguns estragos no prédio e deixaram muita sujeira, com tintas que foram espalhadas pelo chão e móveis. Eles ainda espalharam a tinta, que estava sendo usada para pintar a unidade, arrombaram armários, quebraram uma televisão, brinquedos, alguns vidros e maçanetas das portas. Também foi danificado material pedagógico, com cola, purpurina, papel, canetas e outros, que foram jogados ao chão e sujos com tintas.

O Caso –Na tarde de ontem, uma equipe da Guarda Municipal da Base do Bandeira foi chamada para atender a ocorrência de invasão ao Ceinf. No trajeto, a guarnição identificou uma aglomeração de populares que haviam detido os garotos. Eles estavam com diversos objetos furtados, tais como papel, cola e purpurina, que segundo eles, seriam usados na confecção de pipas.

Os guardas recolheram os menores e foram até o Ceinf, onde se encontraram com a diretora e o ambiente depredado. No local foi avistada ainda uma sacola com diversos objetos separados pelo trio que voltaria mais tarde para buscar. Os menores pularam o muro e quebraram uma janela de vidro para que conseguissem entrar. Eles foram levados para a delegacia, sendo liberados em seguida mediante presença de um responsável.

Adolescentes espalharam tinta por toda unidade. (Foto: Farid Faed/PMCG)Adolescentes espalharam tinta por toda unidade. (Foto: Farid Faed/PMCG)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions