ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUARTA  28    CAMPO GRANDE 12º

Capital

Barbeiro morre no PR e amigos fazem campanha para translado de corpo

Fernando de Oliveira Freitas, 36 anos, foi encontrado morto num balneário em Matinhos (PR), onde passava férias

Por Luana Rodrigues | 21/01/2017 15:58
Fernando morreu afogado no litoral do Paraná. (Foto: Reprodução/ Facebook)
Fernando morreu afogado no litoral do Paraná. (Foto: Reprodução/ Facebook)

A solidariedade precisou vencer a tristeza de um grupo de amigos de Campo Grande. Após receberem a notícia da morte do barbeiro Fernando de Oliveira Freitas, 36 anos, que morava na Capital, mas foi encontrado morto a beira de um balneário em Matinhos (PR), no dia 9 de janeiro, o grupo decidiu fazer uma campanha para ajudar no translado do corpo, que custa cerca de R$ 8 mil.

De acordo com Camila Paiva Basso Dias, 37 anos, amiga e ex-chefe de Fernando, o rapaz chegou a ficar desaparecido por cerca de 10 dias e só foi encontrado depois que a família soube que um rapaz havia se afogado na região em que ele estava passando férias e reconheceu o corpo no IML (Instituto Médico Legal) da cidade paranaense, na última quarta-feira (18).

Sem dinheiro para fazer o translado do corpo de Fernando, familiares acionaram os amigos dele, que decidiram fazer uma campanha para ajudar.

“Ficamos pensando de que forma poderíamos ajudar, até que lembramos do evento, que é algo que temos o costume de fazer na loja, mas desta vez será beneficente, e a partir daí também pensamos na campanha para quem quiser ajudar de outra”, conta a amiga e ex-chefe de Fernando.

O evento citado por Camila está sendo feito desde às 11h deste sábado (21), na barbearia onde Fernando trabalhou cerca de um ano e meio. “Ele participou desde o início, de quando começamos a montar a barbearia. Tinha uma cara de bravo, que não enganava nem por cinco minutos. Era um excelente profissional, um cara família, querido demais”, conta.

Além dos muitos amigos, Fernando também deixou a namorada e três crianças, os filhos.

O evento na barbearia, que fica na rua 13 de Junho, 945, quase esquina com a Maracaju segue até às 17h, mas quem quiser colaborar de outra forma pode fazer um depósito para Camila na conta 82912 – 9, agência 2371, banco Bradesco.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário