A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019

12/08/2019 08:40

Baterias são furtadas, rastreador leva polícia a ferro-velho e dono é preso

Guarda Municipal encontrou 47 baterias, entre elas de telefonia e carros, em caminhonete em ferro-velho no Jardim Tijuca

Kerolyn Araújo e Mirian Machado
Baterias foram encontradas em carroceria de caminhonete. (Foto: Henrique Kawaminami)Baterias foram encontradas em carroceria de caminhonete. (Foto: Henrique Kawaminami)

Dono de um ferro-velho, de 37 anos, foi preso na madrugada desta segunda-feira (12) por receptação, após ser flagrado com baterias de telefonia furtadas. O valor de cada uma varia entre a R$ 600 a R$ 3 mil. O caso ocorreu no Jardim Tijuca, em Campo Grande.

Segundo informações da Guarda Civil Municipal, por volta das 3h, uma equipe foi informada sobre o furto de quatro baterias de uma empresa de telefonia em Nova Alvorada do Sul, cidade distante a 120 quilômetros de Campo Grande. Os objetos estavam com rastreador e a localização apontava em um ferro-velho no Jardim Tijuca.

A equipe de GPI (Grupo de Pronta Intervenção) da Guarda Municipal foi ao endereço e encontrou uma caminhonete Chevrolet Silverado carregada com 47 baterias, entre elas de telefonia e automóveis. Os produtos furtados em Nova Alvorada do Sul foram localizados no veículo. O dono do ferro-velho foi preso por receptação.

Ao Campo Grande News, o advogado do suspeito, Thiago Farias, explicou que o cliente negociou ontem (11) a compra das baterias pelo aplicativo WhatsApp com um morador de Nova Alvorada do Sul, mas não sabia que os produtos eram furtados. ''Ele comprou o ferro por quilo e como sucata", disse.

Agora, a polícia apura se as outras 43 baterias encontradas no carro também são furtadas. O valor de mercado de cada uma varia entre R$ 600 a R$ 3 mil.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga. 

 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions