A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

05/11/2015 11:18

Bazar da AACC vende peças a R$ 3,00 e multidão espera até 2h em fila

Flávia Lima
Longa filas se formaram logo cedo em frente a entidade. (Foto:Fernando Antunes)Longa filas se formaram logo cedo em frente a entidade. (Foto:Fernando Antunes)
Dentro do auditório, voluntários garantiam a organização e agilidade no atendimento. (Foto:Fernando Antunes)Dentro do auditório, voluntários garantiam a organização e agilidade no atendimento. (Foto:Fernando Antunes)

O último Feirão de Liquidação em prol da AACC (Associação dos Amigos das Crianças com Câncer de Mato Grosso do Sul) que acontece até às 17 horas desta quinta-feira (5), levou pelo menos mil pessoas até a sede da entidade, na Capital, durante o período da manhã.

Muitas pessoas acordaram cedo para garantir produtos ofertados a R$ 3,00, como roupas, calçados e acessórios. Antes da abertura dos portões, a fila já era grande, segundo a gestora de captação de recursos da entidade, Alexandra Almeida.

“Houve um princípio de confusão porque os clientes assíduos chegaram às 6 horas e um outro grupo chegou mais tarde e quis entrar junto, mas nós organizamos a fila e não deu problema algum”, ressalta.

Para as próximas edições de 2016, ela diz que a diretoria estuda adotar algumas medidas, como a distribuição de senhas, para evitar tumulto.

Além de roupas, produtos de informática, como monitores, mouses e cabos, também atraíram a população. Quem chegou cedo, conseguiu garantir aparelhos de TV de 14 polegadas vendidos a R$ 50,00.

Alexandra conta que as pessoas que estão acostumadas a prestigiar as ações da entidade já sabem que o bazar acontece a cada três meses, pelo menos, porém, como essa edição do evento foi anunciado na TV, o número de pessoas dobrou.

As vendas começaram às 8 horas e a expectativa é de que antes do final da tarde todos os produtos já tenham acabado.

“O feirão já virou tradição na AACC/MS, a população comparece em peso, os preços baixos e a grande variedade de produtos são um atrativo a parte, as pessoas comparecem também por se solidarizarem com a causa.” relata a presidente Mirian Comparin Correa.

Toda a renda será utilizada para a manutenção da Casa de Apoio da entidade, que atende aproximadamente 300 beneficiários por mês, entre crianças, adolescentes e acompanhantes, proporcionando acolhida, hospedagem, refeições, cestas básicas, apoio psicológico, nutricional e assistência social além de escolarização

Economia - Pela primeira vez no bazar, a dona de casa Sandra Jorge Martins aproveitou para garantir algumas peças de inverno, como uma jaqueta de couro, que serão guardadas para a próxima temporada de frio.

“Nem sei quanto custa nas lojas os dois casacos que peguei. Vou levar para minha filha e netos, conta. Para aproveitar o preço, ela também iria escolher calças e bermudas.

Apesar de chegar às 7 horas e esperar por pelo menos duas horas para entrar no auditório onde as peça estavam organizadas, Sandra ressalta que a espera foi tranquila e não se incomodou com a demora. “Não vi confusão nenhuma, tanto que vou voltar outras vezes. É por uma boa causa”, diz.

O tempo de espera também não incomodou a dona de casa Maria Rosa Antônio Biguelão, que ficou sabendo do bazar pela imprensa e foi até a AACC garantir algumas camisetas e calças para os filhos e netos.

Ela conta que chegou às 9 horas no local e esperou cerca de 40 minutos para entrar. “Ainda consegui muita coisa boa. Gastei R$ 30,00, se fosse em uma loja, tudo isso custaria uns R$ 100,00”, afirma.

Já a aposentada Feliciana Torre chegou perto das 11 horas e não conseguiu a TV que buscava para sua casa, mas em compensação pretende levar algumas camisas para a irmã, que mora em Assunção.

Para evitar confusão, a organização libera a entrada de grupos de 20 pessoas, mas devido a demanda maior ter sido pela manhã, Alexandra Almeida acredita que antes do final da tarde todo o estoque de 30 mil peças, provenientes de doações e colocado à venda, já terá acabado.

Quem ainda quiser arriscar a ida até o bazar, a AACC, está localizada na Avenida Ernesto Geisel, 3.475. Informações pelo telefone 3322-8000. Os pagamentos podem ser feitos em dinheiro e cartões de crédito.

Sandra Martins conseguiu uma jaqueta de couro por R$ 3,00. (Foto:Fernando Antunes)Sandra Martins conseguiu uma jaqueta de couro por R$ 3,00. (Foto:Fernando Antunes)
Maria Rosa gastou R$ 30,00 com peça para filhos e netos. (Foto:Fernando Antunes)Maria Rosa gastou R$ 30,00 com peça para filhos e netos. (Foto:Fernando Antunes)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions