ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  04    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Bêbado, médico bate carro na lateral de ônibus parado no Centro

Dentro do carro, havia garrafas de cerveja e gin; ele se recusou a fazer teste, mas foi preso por estar visivelmente embriagado

Por Mariana Rodrigues | 03/03/2021 08:44


Médico, de 32 anos, foi preso por policiais do Batalhão de Choque por dirigir embriagado no Centro de Campo Grande depois de bater um Audi na lateral de um ônibus. O veículo do transporte coletivo estava estacionado no ponto de embarque de passageiros na Rua 15 de Novembro. Dentro do carro havia garrafas de cerveja e de gin.

Conforme registrado na noite de ontem (2) em boletim de ocorrência, o motorista do ônibus procurou policiais militares que faziam rondas pela região, na tarde dessa terça-feira, contando que o ônibus estava parado no ponto da Praça Ary Coelho, quando foi atingido na lateral esquerda.

Os policiais abordaram o autor e perceberam que ele apresentava sinais visíveis de embriaguez. Estava desorientado, com a voz pastosa e exalando cheiro de bebida alcoólica. O homem revelou que havia passado a tarde bebendo com amigos. Ao ser questionado onde estava, disse: “Eu estou em Maringá e moro em Campo Grande”.

Durante a abordagem, o médico também ameaçou, dizendo aos policiais que eles não sabiam com quem estavam mexendo. Na buscas pelo carro, os militares encontraram três garrafas de cerveja e uma de gin.

O médico foi convidado a fazer o teste do bafômetro, mas se recusou. Por isso, foi confeccionado um termo de recusa e ele foi levado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro. O carro entregue a familiares.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário