ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  25    CAMPO GRANDE 27º

Capital

Recém-nascida com sinais de estupro chega morta em UPA da Capital

A mãe da menina foi presa pela Polícia Militar ainda na unidade de saúde

Por Adriano Fernandes | 23/06/2021 00:30
Em frente à UPA, pai conversa com policiais logo após notícia da morte (Foto: Adriano Fernandes) 
Em frente à UPA, pai conversa com policiais logo após notícia da morte (Foto: Adriano Fernandes)

Uma bebê de 5 meses com sinais de estupro chegou morta à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Leblon, na noite desta terça-feira (22), em Campo Grande.

A pequena foi levada ao local pela mãe. Durante o atendimento os médicos da unidade de saúde suspeitaram dos ferimentos nas partes íntimas da bebê e acionaram a polícia.

Militares da 10ª CIPM (Companhia Independente de Polícia Militar) foram até a unidade de saúde e prenderam a mãe, mas ela não revelou as circunstâncias da suspeita de abuso. O ex-namorado dela e pai da criança também esteve no local.

Ele tentou convencer a mãe a confessar o que havia ocorrido, mas ela ficou em silêncio dentro da viatura. Ele preferiu não conversar com a reportagem. "Também estou tentando entender", resumiu ao deixar a UPA.

A Guarda Municipal também deu apoio na prisão, mas as equipes evitaram revelar detalhes sobre o caso.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário