A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

22/03/2013 09:17

Bebê é encontrado morto no saco de roupas sujas na lavanderia do HU

Luciana Brazil
HU vai abrir sindicância para apurar o caso do bebê encontrado morto na lavanderia do hospitalHU vai abrir sindicância para apurar o caso do bebê encontrado morto na lavanderia do hospital

Uma criança recém-nascida foi encontrada morta dentro de um saco de lençóis sujos na lavanderia do HU (Hospital Universitário), em Campo Grande. A denúncia foi feita ontem pelos funcionários terceirizados da empresa Clean Lavanderia Hospitalar, que presta serviços ao HU. Porém, o bebê teria sido encontrado na noite de terça-feira, por volta das 19h40.

A criança estava envolta por roupas sujas de cama que vieram do hospital para lavanderia. Além de uma etiqueta de identificação, o bebê estava com uma fralda descartável, conforme relato de um funcionário que não quer ser identificado.

“Na etiqueta estava escrito o nome da mãe e o nome da criança, com data e tudo. Mas dizem que tudo foi muito rápido". Funcionárias se depararam com a criança no momento em que abriam o saco.

Segundo informações de funcionários, no dia do fato um sócio-proprietário da empresa teria ido até a lavanderia e determinado que o bebê fosse colocado novamente no saco de roupas sujas e que ninguém deveria falar sobre o assunto, já que o hospital já tinha problemas demais.

“A criança estava durinha”, disse o empregado. A criança foi devolvida para o HU pelo sócio-proprietário da empresa.

Hoje pela manhã, a assessoria do HU confirmou a história, e disse que uma Comissão de Sindicância será formada para apurar os fatos.

Campo Grande News entrou em contato com a empresa Clean Lavanderia Hospitalar, mas uma funcionária disse que não iria se manifestar e desligou o telefone abruptamente.

Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


Gente pelo amor de Deus, que absurdo, esperamos que as autoridades apurem esse fato que não pode ficar em pune. Que tristeza viu parece que a gente já viu de tudo, mas sempre tem coisa pior acontecendo, ate quando vamos ver essas barbaridades acontecendo dentro de lugares que é de salvar vidas. Só por Deus.......
 
laisa aparecida em 22/03/2013 14:58:52
O mundo está mesmo perdido! Nem nossos anjinhos escapam da maldade e da frieza dos homens. Muito triste.
 
Tuani Mendonça em 22/03/2013 13:20:14
eu nao sei como que isso pode acontecer. epa, sei sim. esta crinça e filho de pais pobres sem condiçoes de colocar um bom adevogado para ter seus direitos cobrados, essas pessoas que fizeram isto meresem e cadeia para nao fazerem isso com um ser humano.porque todos sao responsaveis,o medico,os enfermeiros e a diresao do hospital.
 
regina porto em 22/03/2013 12:45:03
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions