A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2018

28/02/2011 18:55

Bebê morre após nascimento na Maternidade Cândido Mariano

Nadyenka Castro

Mãe estava com sangramento há 4 dias

Um recém-nascido morreu logo após ter saído da barriga da mãe, na madrugada do último dia 25, na Maternidade Cândido Mariano, em Campo Grande. A Polícia Civil investiga o caso e a família aguarda o resultado do laudo sobre a morte.

A mãe, uma adolescente de 16 anos, conta que o filho foi colocado nas pernas dela, tossiu e morreu. “Ele nem chegou a chorar. Deu uma tossidinha e morreu”.

“Não sei o que aconteceu. Não tinha nada quebrado. Os médicos também não entenderam a causa”, diz a garota. O caso foi denunciado à Polícia Civil.

O marido dela, Elton da Silva Coleta, 20 anos, diz que está revoltado com a situação, principalmente porque a esposa estava sangrando havia quatro dias e o parto não foi feito. “Agora, ninguém quer ser o cupado”, declara.

A menina apresentou sangramento e perda de líquido no dia 21 pela manhã. Ela foi atendida no posto de saúde da Moreninha III e o médico disse que ela poderia ir para casa porque a criança não nasceria naquele dia.

A situação persistiu e ela foi então ao Hospital Regional á noite, sendo atendida e liberada. Três dias depois, ainda com sangramento e perda de líquido, ela procurou o posto de saúde novamente e foi encaminhada à Maternidade.

A adolescente chegou ao local por volta das 20 horas, mas só entrou na sala de parto às 3 horas, já dia 25. O bebê então nasceu de parto normal e em seguida morreu. “Minha família acha que passou da hora de nascer”, fala a garota, que complementa. “Não tive nenhum problema na gestação”.

Segundo a menina, o laudo inicial do exame necroscópico constatou que não havia nada quebrado no recém-nascido. “Agora estamos esperando outro laudo, que vai sair em 15 dias”. Conforme ela, no documento pode constar o que causou a morte do primeiro filho do casal.

Outro caso- Roseleide Leite da Silva, 32 anos, morreu durante o parto do segundo filho no último sábado (26) na mesma maternidade. Familiares acreditem se tratar de negligência e esperam o resultado do exame necroscópico, que deve sair em 15 dias, para apontar os responsáveis e tomar as providências necessárias.



Pelo que eu entendi, bom tratamento de funcionários e atenção aos cuidados necessários a um parto seguro, é só para gestantes que pagam particular ou tem plano de saúde. Em minha gravidez anterior, tive episódios de sangramento e cheguei a ser internada por duas vezes. Meu médico, formado pela UNICAMP em São Paulo, me falou que não é normal ter sangramento durante a gestação. Disse que qualquer sangramento, já é ameaça de aborto. Passei a gravidez toda de repouso e usei ultrogestan (hormônio que ajuda a segurar a gravidez). Mulheres gravidas......se tiverem sangramento, procurem um médico que tomem esses cuidados.
 
Andreia Salgado em 10/02/2014 02:34:16
ISSO TEM Q SER MSMO PASSADO ADIANTE PRA NOSSOS GOVERNANTES VEREM Q TIPO DE MEDICOS ESTAO SENDO FORMADOS...SEM ESTRUTURA NENHUMA E NENHUM POUCO DE SENSIBILIDADE COM O PROXIMO E ALEM DE TUDO PROFISSIONALISMO
 
Patrycia Pereira em 04/10/2012 01:08:10
ola bebe dela morreu no mesmo dia que perdi o meu na maternidade fui 2 vezes la os medicos falaram que sangramento era normal estava gravida de 3 meses
alem de ter perdido o bebe o medico que me atendeu foi grosso ele disse a seguinte frase
pois é se vc estava gravida nao esta mais
e ficou enrolando enquanto estava com dor e minha ultima contraçao o feto saiu na mao dele simplesmente ele pegou o feto me mostrou e jogou numa sacola plastica
esse foi o atendimento que tive, creio que dava pra ter salvo meu bebe... quando fui la 2 vezes fui no 24 horas..
 
Patrycia pereira em 04/10/2012 00:27:38
Estou pesquisando onde fica melhor pra fazer meu parto pelo sus,mas com tudo o que eu li aqui,fiquei até com medo da minha filha nascer nesse lugar.Não quero morrer e muito menos que a minha filha morra.
 
Karla Regina R. Chimenes em 11/05/2012 02:27:22
POIS QUANDO TIVE MEU FILHO NESSE HOSPITAL, UMA ENFERMEIRA LEVANTOU A MÃO PRA ME BATER NA CARA.CHEGUEI SANGRANDO AS 10 DA NOITE E MEU FILHO NASCEU DE PARTO FÓRCEPS AS 7:15 DA MANHA.QUASE MORRI ALI,FIQUEI 4 DIAS DESMAIANDO DEPOIS QUE ME DERAM ALTA.SÓ NÃO PROCESSEI PORQUE FUI EXPULSA DE CASA GRAVIDA DE 8 MESES E NAO PODIA NEM CUIDAR DE MIM. NÃO TINHA DINHEIRO PARA PAGAR ADVOGADO. É HOSPITAL PRA RICOS.
 
Vera Lucia da silveira em 13/04/2012 04:45:48
issso tudo q dizem e verdade minhas duas filhas nasceram na candido mariano a primeira nasceu foi tudo tranqilo mas a segunda quase morreu la eu so vi a medica depois q a criança nasceu eu so vi enfermeiras e uma estagiaria quando entrei depois numca mais tive q chamar e falar q acriança estava nascendo quase perdi minha filha la agora vou ter um terceiro bebe e vou fazer o parto com tudo pago
 
naty oliveira em 04/03/2012 07:27:26
Ola gente é uma pena o que aconteceu, sinto muito.Meu nenem precisou de fototerapia, pois nasceu com ictericia muito elevada e foi transferido pra essa mternidade e foi muito bem atendido.Fiquei na casa da mãe gestante onde fui bem tratada.Meu nenem sarou em 9 dias.E falo muito bem desse hospital pq as enfermeiras dão total apoio pra gente e os médicos são excelentes!sempre estão na UCIN e na UTI.
 
Daiane Diniz em 24/02/2012 10:49:14
gente é verdade que o hospital atende muita gente, nasce muitos bebês, mas se vc olhar para aquelas mães que tem problemas aí o hopital peca.
Minha sobrinha ficou dois dias indo até este hospital e os medicos dizendo que não estava na hora do parto ainda. Quando levamos ela pra Sta Casa o bebê ja tinha coroado não dava mais para fazer cesariana um bebê grande para ela foi dificil o parto ela sofreu muito e o nenem sai com forcepes. Alguem com mais conhecimento deveria olhar melhor este hospital.
 
Selma Regina em 11/07/2011 09:29:59
É um absurdo falarem de um hospital que contribui diariamente com o nascimento de inúmeras vidas. Vamos ser coerente, fatalidade existe e pode acontecer, não vamos ficar criando sensacionalismo sem fundamentação cientifica. Falo disso, com conhecimento de causa, os meus filhos nasceram neste hospital, os médicos são altamente qualificado e minha esposa foi muito bem atendida. Toda minha familia esta solidaria aos médicos e funcionarios da candido mariano, pois temos a certeza que foi uma fatalidade.

Luis Antonio
 
Luis Antonio em 03/03/2011 04:17:24
Lamento sobre as mortes, más volto a falar.....PARTO NORMAL É UMA NORMA BAIXADA PELO MINISTÉRIO DA SAÚDE...... COLOCARAM LIMITE NAS CESARIANAS, O MÉDICO TEM QUE FAZER CESARIA SOMENTE EM ÚLTIMO CASO!!!! PESQUISEM E DEPOIS COMENTEM.....
COITADOS DE CERTOS OBSTETRAS, ESTÃO PAGANDO O PATO NO LUGAR DO GOVERNO......
 
Gilmar candido em 02/03/2011 10:07:38
ATÉ QUANDO VAI ISSO,CARAMBA,TEM MORTE DIRETO NESSA MATERNIDADE.QUANDO É A MAE É O BEBE...E NINGUEM FAZ NADA.FICAM FORÇANDO A MULHER TER PARTO NORMAL.ELAS SOFRE BASTANTE O BEBE MORRE,PQ DEVE PASSAR A HORA DE NASCER,A PESSOA JA VAI COM DORES SANGRAMENTO ,ETC...E SABE O QUE OS PROFISSONAIS FALAM ??? MANDA CALAR BOCA FICAM FALANDO PIADINHAS INADEQUADAS.PUXAS SAO VIDAS.CADE AS AUTORIDADESSSSSSSSSS,SERÁ QUE TEM QUE MORRER UM PESSOA DE POSSE NESSA MATERNIDADE PRA FAZEREM ALGUMA COISA.....MAIS ISSO NUMCA VAI ACONTECER.ESSE POVO NAO VAO TER SEUS FILHOS LÁ, PQ ELE TEM DINHEIRO,MEUS DEUS. É TERRIVEL.
 
noemia rocha em 01/03/2011 12:13:45
Essa Candido Mariano é uma maternidade ou uma camara de morte? As mortes não param!!! A saude publica é precaria e vergonhosa, a gestante esta com problemas ninguem quer ajuda-la? que irresponsabilidade mandar a moça de volta pra casa ainda com sangramentos! Estão acabando com o sonho das mulheres de serem mães, transformando em angustia e dor. Pobre criança, um presente de Deus que não foi nem desembrulhado.
 
leticia mello em 01/03/2011 11:24:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions