A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

22/07/2016 17:36

Cãezinhos são abandonados em frente a posto de saúde no Tiradentes

Seis cãezinhos estavam dentro de um balde; pessoas que passavam pelo local fizeram o resgate

Anahi Zurutuza
Os seis filhotes estavam amontoados em um balde amarelo (Foto: Alcides Neto)Os seis filhotes estavam amontoados em um balde amarelo (Foto: Alcides Neto)

Seis cães filhotes foram abandonados em um balde em frente ao CRS (Centro Regional de Saúde) do bairro Tiradentes – leste de Campo Grande – na tarde desta sexta-feira (22). Ninguém sabe dizer quem foi que deixou os cãezinhos no local. Mas, pessoas que passavam por lá ou que saíam após atendimento na unidade ficaram indignadas.

Um mototaxista, que trabalha na esquina da unidade e não quis revelar o nome, disse que viu o balde amarelo na calçada desde o meio da tarde, mas não sabia que havia filhotes ali.

O operário Sidnei Mateus, de 36 anos, foi um dos primeiros a perceber os cachorrinhos no local. Ele levou a sogra para atendimento no posto de saúde e viu os animais ao passar perto do balde. “Se eu não tivesse uma cadela Pit bull levava todos para casa até arrumar um dono”, afirmou.

Cãezinhos foram colocados no chão para não urinarem em cima dos outros (Foto: Alcides Neto)Cãezinhos foram colocados no chão para não urinarem em cima dos outros (Foto: Alcides Neto)
Patrícia e Sidnei tentavam ligar para parentes e amigos que pudessem resgatar os cachorros (Foto: Alcides Neto)Patrícia e Sidnei tentavam ligar para parentes e amigos que pudessem resgatar os cachorros (Foto: Alcides Neto)

A auxiliar administrativa Patrícia Maria, 34, tinha acabado de sair do CRS quando se deparou com a cena. “Não estou nem acreditando”, disse ao lado das filhas, que tiravam os filhotes do balde para que eles não urinassem uns nos outros.

O marido dela chegou ao local para buscá-la e se revoltou com a situação. “Uma pessoa que faz isso não tem amor pela vida, porque são vidas que ela abandonou. Como alguém tem coragem?”, questionou Natan Souza, 45.

O casal disse que, entretanto, não tinha condições de levar os filhotes para casa, pois a família mora em um apartamento pequeno.

Sidnei decidiu então levar os cães para o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), para que eles possam ser disponibilizados para adoção. “É o melhor que a gente pode fazer agora. Mas, quem quiser pode ir até lá para adotar os cachorrinhos”.

Os animais foram levados para o carro de Sidnei, que prometeu entregar os cães no CCZ (Foto: Alcides Neto)Os animais foram levados para o carro de Sidnei, que prometeu entregar os cães no CCZ (Foto: Alcides Neto)

Adoção – Neste caso, segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura de Campo Grande, os animais serão recebidos e realmente disponibilizados para adoção.

Os interessados podem comparecer ao órgão de segunda a sexta-feira, das 17h às 19h, e aos sábados, domingos e feriados das 14h às 19h30, para escolher e levar um cão ou gato. “Todos os animais aguardam adoção, sem prazo para tal”, informou a nota.

O CCZ realiza recolhimento de animais de rua, atropelados, entregues pela vigilância sanitária e por solicitação via telefone. O órgão funciona na avenida Senador Filinto Müller, 1.601, na Vila Ipiranga, e atende pelo 3313-5000.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions