A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

19/09/2014 18:18

Campanha pretende tirar dúvidas e prevenir riscos do uso do marca-passo

Alan Diógenes

Cerca de 3 mil pessoas utilizam o marca-passo em todo o Mato Grosso do Sul. Devido ao fato na próxima terça-feira (23) cardiologistas de todo o Estado irão promover uma campanha para tirar dúvidas sobre o uso do aparelho e prevenir os riscos do implante cardiovascular. A ação acontece simultaneamente em 30 cidades brasileiras.

Conforme o cirurgião cardiovascular, Mauro Cosme Gomes Andrade, entre as principais dúvidas dos usuários são possíveis interferências de celulares e outros aparelhos eletrônicos, micro-ondas, portas giratórias de bancos, ressonância magnética e se é permitida a prática de atividade física.

“Vamos distribuir cartilhas e fazer explicações presenciais com o auxílio de painéis ilustrativos, para esclarecer a população sobre os principais dispositivos eletrônicos implantáveis cardíacos, suas indicações, cuidados pré e pós-operatórios, limitações para prática de esportes e possibilidades de interferências”, explicou.

A iniciativa é realizada em parceria com a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Consórcio Guaicurus, Pátio Central, Travel Way e acontece no Terminal Bandeirantes, no período matutino. Durante à tarde, os profissionais estarão atendendo no Pátio Central, no centro da Capital.

No Brasil atualmente há mais de 300 mil portadores desses dispositivos em uso, sendo que são implantados a cada ano em torno de 40 mil novos dispositivos, no âmbito do SUS, convênios e particulares. “O marca-passo é feito pelo SUS e custa até R$ 60 mil; o dispositivo garante ao paciente com problemas cardíacos uma vida normal”, finalizou Mauro Cosme.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions