A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

15/09/2015 11:20

Caos político e urbano chocam, mas população tem esperança em Bernal

Leonardo Rocha
Aposentado Ramão Brites espera que a cidade melhore um pouco, depois de tantos problemas (Foto: Marcos Ermínio)Aposentado Ramão Brites espera que a cidade melhore um pouco, depois de tantos problemas (Foto: Marcos Ermínio)
Lilian Soares disse que pela situação da cidade, prefere até votar nulo (Foto: Marcos Ermínio)Lilian Soares disse que pela situação da cidade, prefere até votar nulo (Foto: Marcos Ermínio)

A população de Campo Grande acompanha todos os problemas que a cidade convive, desde os buracos nas ruas, falta de coleta de lixo que fica amontoado na frente das casas, além da situação política instável, com troca de prefeitos e vereadores investigados. Eles reclamam, mas ainda têm esperança que com o retorno de Alcides Bernal (PP) a cidade possa melhorar.

“A cidade está muito feia, tem muitas coisas complicadas, além da saúde, agora tem o lixo e buracos depois da chuva, tem que melhorar, ainda tenho esperança que com o novo prefeito o pessoal pare de sofrer um pouco”, disse o aposentado Ramão Brites, de 62 anos, que mora no bairro Dom Antônio Barbosa.

Já a faqueira Lilian Soares, 47, disse que a vontade é só de votar nulo pela situação que a cidade chegou, ficando sem esperança nos políticos. “Cada dia está pior, nosso lixo vai chegar um dia que vai chegar sozinho no Lixão da cidade, um fala que falta pagar, o outro que já pagou, o trabalhador precisa receber também, a situação está um caos”, disse ela.

Já a aposentada Terezinha Gonçalves, 66, afirmou que é preciso melhorar a situação dos bairros, que está triste com todos estes problemas, desde buraco a lixo na rua. “Acredito que a melhor coisa que aconteceu foi a volta do (Alcides) Bernal, ouve muitas calúnias e a Justiça fez ele retornar, espero que a agora a situação fique melhor, estou com esperança”.

O auxiliar de armazém, Arlindo Ximenes,30, que mora em Campo Grande há dois anos, disse que nunca viu a cidade com tantos problemas, que depois da chuva, ainda ficou muitos buracos. “Isto tudo é muito ruim para população, com estas mudanças na política, o povo nem sabe o que está acontecendo, desta forma fica difícil”.

Para o vendedor Eduardo Nogueira, 31, depois de todos estes problemas, o poder público precisa começar a resolver, já que a população não aguenta mais esta situação. Ele disse que tem esperanças que com o novo prefeito que voltou as coisas possam melhorar e voltar ao seu devido lugar. “Não acompanhei o outro (Gilmar Olarte), mas estou confiante agora”, ponderou.

Campo Grande com falta de coleta de lixo, em função de um impasse entre a prefeitura municipal e a Solurb, empresa responsável por este serviço. Bernal alega que a concessionária já recebeu R$ 56 milhões no ano e que o executivo pode ficar até 90 dias sem fazer tal pagamento.

Já a empresa diz que existe uma dívida de R$ 23 milhões, referentes aos últimos meses, e que se não for feito o pagamento, o serviço não vai ser normalizado. Além disto, em função da crise financeira, a prefeitura suspendeu os contratos, entre eles com a empresa que fazia tapa-buracos, porém depois das chuvas dos últimos dias, a cidade ficou com sua via urbana deteriorada.

Na área política, Bernal retornou a prefeitura no último dia 25 de agosto, após decisão judicial da 1° Câmara Cível do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul). Neste mesmo dia foi afastado o então prefeito Gilmar Olarte (PP) e o presidente da Câmara, o vereador Mário César (PMDB), além de nove vereadores investigados pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado).

Terezinha Gonçalves diz que a situação está ruim, mas ela confia no prefeito que retornou ao cargo (Foto: Marcos Ermínio)Terezinha Gonçalves diz que a situação está ruim, mas ela confia no prefeito que retornou ao cargo (Foto: Marcos Ermínio)
Arlindo Ximenes diz que bairros estão com muitos buracos e lixo e o povo não sabe o que acontece (Foto: Marcos Ermínio)Arlindo Ximenes diz que bairros estão com muitos buracos e lixo e o povo não sabe o que acontece (Foto: Marcos Ermínio)



Não têm noção de quão grave é a situação do país e de Campo Grande, que foi jogada ao descaso, ao descalabro administrativo.
Campo Grande sente saudade do tempo de André Puccineli na Prefeitura.
A cidade crescia vertiginosamente, estava bonita, sentíamos orgulho de morar aqui.
Hoje sentimos uma revolta imensa, pois destruíram a nossa querida cidade.
Estão felizes agora com a escolha? Façam bom proveito! Vocês que votaram na "mudança" e cia. são os grandes culpados...
 
Barbarossa em 15/09/2015 16:26:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions